Ainda não foi desta que João Sousa encontrou o caminho para as vitórias. Desta vez, o carrasco do português foi o tenista da casa Gregoire Barrere.

João Sousa até iniciou bem a partida ao concluir, com sucesso, dois jogos de serviço. No entanto, o mesmo não se pode dizer dos seguintes, tendo em conta que sofreu dois breaks consecutivos. O tenista de 30 anos chegou a ter oportunidade de fazer o mesmo que o seu adversário, porém pecou na concretização dos pontos. Essa mesma falta de finalização viria a ser ainda mais dolorosa no segundo set.

João Sousa teve muitas dificuldades em contrariar o jogo de Gregoire Barrere
Fonte: Estoril Open

No segundo set, os jogos de serviço foram mais disputados, fazendo com que houvesse alguma incerteza quanto ao vencedor desta segunda partida. Com um break para cada lado, o empate persistiu até ao final e foi necessário recorrer ao tiebreak para o desfazer. João Sousa chegou a ter quatro set points, porém o número 69.º do ranking ATP viu-os escapar. Gregoire Barrere conquistou seis pontos seguidos e fez o 8-6 com que finalizou as contas deste confronto.

João Sousa sai de cena na vertente individual do torneio francês, ainda assim mantém-se na competição, mas em pares, ao lado do tenista espanhol Pablo Carreno Busta.

Anúncio Publicitário

Resultado final: João Sousa 0-2 Gregoire Barrere (2-6/6-7)

Foto de Capa: ATP World Tour

Artigo revisto por Joana Mendes

Comentários