spot_imgspot_img

    Taça Davis 2017: Portugal confirma favoritismo

    Cabeçalho modalidadesFicam então os 5 pontos a reter sobre o primeiro dia da eliminatória entre Portugal e Israel, que terminou favorável à equipa das quinas:

    • João Sousa foi o primeiro a entrar em campo e não teve qualquer problema em bater Yshail Oliel. O jovem israelita vinha da final do Australian Open em juniores, mas a maior experiência e qualidade de jogo do português acabaram por fazer a diferença.
    • Gastão Elias acabou por admitir que entrou a dormir no encontro frente a Dudi Sela. Todavia, o atual número 75 do ranking ATP rapidamente assentou o seu jogo e venceu o número um israelita em quatro partidas.
    • O selecionador nacional fez questão de reforçar que, apesar de o primeiro dia de competição ter corrido na perfeição, a eliminatória ainda não está ganha. João Sousa e Gastão Elias formarão o par que irá entrar em campo para carimbar a vitória da seleção portuguesa.
    Portugal entrou com o pé direito na Taça Davis
    Portugal entrou com o pé direito na Taça Davis
    • O número um israelita, Dudi Sela, afirmou que sentiu cãibras na mão direita, durante o encontro frente a Elias. Curiosamente, Sela admitiu mesmo que é algo que apenas sente nas eliminatórias da Taça Davis.
    • O terceiro encontro do confronto entre Israel e Portugal realizar-se-á este sábado, pelas 15:00, no CIF. João Sousa e Elias irão defrontar Jonathan Erlich e Daniel Cukierman.

    Artigo revisto por: Francisca Carvalho

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Duarte Pereira da Silva
    Duarte Pereira da Silva
    Do ciclismo ao futebol, passando pelo futsal ou o andebol, quase todos os desportos apaixonam o Duarte. Mas a sua especialidade é o ténis, modalidade que praticou durante 9 anos.                                                                                                                                                 O Duarte escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede