cab Volei

Por entre o que há de novo no voleibol português, gosto sempre de, além de opinar, dar a conhecer a realidade da modalidade. No fundo, os meus artigos baseiam-se nisso mesmo, e em que o voleibol, dentro da realidade portuguesa dos fanáticos futebolísticos, não fique esquecido.

E porque não dar a conhecer as novidades no panorama competitivo internacional em que Portugal estará presente, em 2014? Pois bem, de forma resumida, os sorteios para os campeonatos europeus ditam o seguinte:

Seniores Masculinos: integram a Poule B da 2.ª Ronda de Qualificação para o Campeonato da Europa de 2015, com a Finlândia, a Áustria e o vencedor da Poule 1 da 1.ª Ronda, formada por Israel, Luxemburgo, Macedónia e Lituânia – 1.º Torneio da Poule estáagendado para os dias 22 a 25 de Maio de 2014, na Finlândia, e o 2.º Torneio para os dias 29 de Maio a 1 de Junho de 2014, em Portugal;

 Seniores Femininos: integram a Poule B da 2.ª Ronda de Qualificação para o Campeonato da Europa de 2015, da qual também fazem parte a Bulgária, o Azerbaijão e a Grécia – 1.º Torneio agendado para os dias 22 a 25 de Maio de 2014, na Bulgária, e o 2.º Torneio para os dias 29 de Maio a 1 de Junho de 2014, no Azerbaijão;

Juniores masculinos: integram a Poule E da 2.ª Ronda de Qualificação para o Campeonato da Europa de 2014 (a realizar em Portugal), formada ainda por Bélgica, França e Suécia – disputada de 24 a 27 de Abril de 2014.

Juniores femininos: integram a Poule C da 2.ª Ronda de Qualificação para o Campeonato da Europa de 2014 (a realizar na Croácia), composta também por Turquia, Croácia e o 1.º Classificado da Poule 1 da 1.ª Ronda: Letónia, Suécia, Noruega e Inglaterra – disputada de 24 a 27 de Abril de 2014.

Portugal Campeão da Liga Europa 2010 http://www.jcmyro.com.pt/
Portugal Campeão da Liga Europa 2010
Fonte: jcmyro.com.pt/

Guardem já nos marcadores este artigo, e não se esqueçam de que o voleibol é a segunda modalidade mais praticada do país e que em 2010 fomos vencedores da Liga Europeia. O sucesso de uma equipa em qualquer competição faz-se um pouco (e só um pouco, mas o suficiente) pela motivação. Somos nós, os portugueses, que devemos dar essa motivação e mudar o rumo da atualidade desportiva do país.

Comentários