Cabeçalho modalidadesNa 23.ª jornada do Campeonato Nacional de Voleibol 2017/2018, o Spoting Clube de Portugal recebeu o Castêlo da Maia Ginásio Clube no Pavilhão João Rocha. Os Leões, líderes isolados com 54 pontos somados, defrontavam uma equipa que luta pelo 4.º posto da tabela classificativa, última vaga de acesso aos play-offs de apuramento de campeão, fruto dos 42 pontos averbados, menos 1 que a Associação de Jovens Fonte do Bastardo.

Os 517 espectadores presentes no Pavilhão João Rocha não deram certamente o tempo como perdido, tendo assistido a um encontro jogado com intensidade, alma e garra de parte a parte, o que se traduziu num jogo bastante disputado, com o equilíbrio a ser a nota dominante em várias fases da partida.

No primeiro set a turma de Alvalade entrou melhor, mas os maiatos mantinham-se na discussão do mesmo, prova disso foram os resultados nos 2 tempos técnicos (8-6 e 16-13). Os comandados de Hugo Silva foram segurando a vantagem e fecharam em 25-21.

Fonte: Sporting CP
Fonte: Sporting CP

O segundo set começou de forma idêntica ao primeiro, com os verde e brancos a chegarem ao primeiro tempo técnico na frente também por 8-6, mas no segundo tempo técnico a vantagem era já de 5 pontos (16-11), uma preponderância que se foi evidenciando cada vez mais, com a turma da casa a vencer este segundo parcial por 25-18, o set mais desequilibrado!

No terceiro set os pupilos de João Coelho mostraram porque razão são candidatos ao acesso ao play-off de apuramento de campeão. Com uma entrada bastante aguerrida os maiatos conquistaram uma vantagem de 3 pontos (1-4), que se manteve até ao primeiro tempo técnico (5-8), contudo os leões cerraram fileiras e aproximaram-se gradualmente do adversário, acabando por atingir o segundo tempo técnico em vantagem (16-15). Nesta fase, apesar de ser sempre a turma leonina a colocar-se na frente, o equilíbrio era uma constante, bem patenteado nos sucessivos empates, de tal forma que o encontro foi forçado às vantagens, onde o Sporting CP acabou por ser mais astuto, fechando o set em 26-24 e o jogo em 3-0.

Anúncio Publicitário

Vitória justa de um Sporting credenciado, que prolonga assim o bom momento que atravessa. Os Leões demonstraram uma consistência e coesão ao longo de todo o encontro que lhes permitiu não só segurar vantagens, como também reverter desvantagens como as que se verificaram durante o último set. Os verde e brancos somam assim três importantes pontos na luta pelo 1.º lugar desta fase. Nesta reta final a turma de Alvalade terá ainda pela frente as deslocações às Caldas da Rainha e a Espinho para defrontar os Sporting locais e a recepção ao Esmoriz GC, sendo que o duelo entre Leões e Tigres será aquele que, no plano teórica, será o mais complicado para a formação de Alvalade.

O Castêlo da Maia GC deu bem conta de si, conseguiu manter a incerteza em vários momentos do encontro, principalmente no 3.º set. Sustentados num bloco competente e numa defesa sólida, os maiatos demonstraram os predicados que legitimam a luta pelo acesso ao play-off, contudo foram os muitos erros no serviço que impediram os forasteiros de oferecer uma réplica mais “efectiva”. As últimas jornadas trazem as recepções ao Vitória SC e à AA São Mamede e a deslocação à AA Espinho, o que se traduz num calendário teoricamente mais acessível que o daa AJ Fonte do Bastardo.