Anterior3 de 3Próximo

Houve empate a 15 num set que estava a ser muito disputado por ambas as equipas. A Sérvia ganhou novamente vantagem e a Turquia esteve perto de empatar o set, mas acabou por quebrar. Esta quebra acabou por entregar novo set às sérvias e, consequentemente, a remontada no marcador por 2-1. Curiosamente, os três primeiros set tiveram o mesmo resultado de 25-21.

No quarto set, pensava-se que a Sérvia iria terminar com o jogo – tal como o fez na fase de grupos -, mas não. A Turquia voltou a entrar mal e as sérvias aproveitaram este aspeto novamente.

O que a Sérvia não contou era com a persistência das turcas, que nunca deram o set por perdido em nenhuma ocasião. Primeiro, de destacar o empate a 12 pontos e depois acabaram mesmo passar para a frente quando nos ecrãs mostravam o 22-21 a favor da Turquia. No final do set, registou-se vitória turca por 25-22 e era o empate novamente, mas agora a dois.

Se a final estava relançada após a remontada sérvia, o que dizer agora deste empate turco? Era a máxima incógnita nas vencedoras da partida.

Quinto, e último, set deste jogo e aconteceu algo de diferente. Desta vez, foi a Turquia a entrar melhor no set e não a Sérvia. As turcas conseguiram uma vantagem inicial importante de 5-3, mas acabaram por perdê-la quando as sérvias fizeram o 10-9. A Turquia ainda conseguiu igualar o set, mas dois descuidos por parte da equipa acabou por ser fatal.

A Sérvia não vacilou no momento de fechar o set e conseguiu carimbar a vitória no EuroVolley. Os ecrãs (literalmente) davam a vitória às sérvias. Porquê literalmente? Primeiro, porque o marcador era de 3-2 para a favor da equipa dos Balcãs e depois porque o Challenge pedido pelos turcos confirmavam a falta na rede que a árbitra principal assinalou.

A equipa sérvia já festejava a conquista do campeonato da Europa e ainda nem o Challenge pedido pela Turquia tinha sido feito
Fonte: CEV

Após esta vitória, a Sérvia conquistou assim o seu terceiro título de campeã da Europa e é a atual bicampeã. As jogadoras sérvias tiveram um desempenho impecável no Europeu onde só tiveram vitórias e isso é de louvar. Porém, não nos podemos esquecer que são as atuais primeiras classificadas do ranking mundial. Já a Turquia continua à espera de se tornar campeã europeia pela primeira vez. Depois de em 2003, que, curiosamente, também organizou, ter perdido na final para a Polónia. Será que à terceira vai ser de vez? Veremos.

A vitória não foi ao terceiro set, mas foi ao quinto. Parabéns a todas as jogadoras que participaram neste EuroVolley, incluindo a nossa seleção portuguesa. E, sobretudo, dar os parabéns às vencedoras da competição: a Sérvia.

Foto de Capa: CEV

artigo revisto por: Ana Ferreira

Anterior3 de 3Próximo

Comentários