10 de dezembro. Estádio da Luz. Data e local do encontro entre o campeão e líder português e o campeão e líder russo. Em Lisboa, SL Benfica e FC Zenit decidem o seu futuro no panorama europeu. As águias, já eliminadas da Liga dos Campeões, precisam de vencer por 2-0 ou por três golos ou vencer pela margem mínima e agarrar-se à esperança e à calculadora para “cair” para a Liga Europa. Os russos lutam ainda pela continuidade no lago dos tubarões.

Em São Petersburgo, a turma de Sergei Semak derrotou os comandados de Bruno Lage de forma categórica: 3-1 foi o resultado de uma partida em que a exibição deprimente dos encarnados fez sobressair o futebol algo pobre dos russos. De lá para cá, o Zenit melhorou de forma clara, tendo vencido nove dos doze jogos disputados. Nesse período, só empatou frente ao CSKA Moskva (em casa) e perdeu, por duas vezes, frente ao RB Leipzig.

SE ACREDITAS QUE O SL BENFICA GANHA EM CASA, APROVEITA JÁ A ODD ESPECIAL DA BET.PT! ANTES ERA 2.10, AGORA É 2.40! 

Se acreditas que o Benfica ganha em casa, aproveita já a odd especial da bet.pt.

Anúncio Publicitário

Também o Benfica, desde o jogo na Rússia, venceu nove dos doze jogos realizados. De lá para cá, as águias cederam empates em Leipzig e na Covilhã e perderam em Lyon. O que significa que a Luz só viu vitórias benfiquistas nessa janela temporal – ainda que, diga-se, apenas quatro dos doze jogos em questão tenham sido lá disputados. Um bom prenúncio.

A estreia de Bruno Lage na Liga dos Campeões não teve muitos momentos para sorrir, restando a (luta pela) Liga Europa

Nas três últimas partidas, o campeão russo não cedeu pontos nem concedeu golos: venceu o O. Lyon por 2-0, o FC Spartak Moskva por 1-0 – ambos em casa – e venceu, em Moscovo, o Dynamo local por 3-0. Por seu turno, o líder – agora reforçado – do campeonato português vem de um período pouco consistente em termos de resultados, mas de crescendo em termos exibicionais, destacando-se os jogos frente ao RB Leipzig e ao Boavista FC.

Assim, é expectável que, face ao bom momento das duas equipas, e à necessidade de ambas de vencer para não dependerem de terceiros, o Estádio da Luz acolha um grande jogo de futebol, com muitos golos. Dada a exigência e a importância da partida, espera-se um onze encarnado o mais capaz e adequado possível. Em relação ao jogo no Bessa, não se anteveem mudanças.

A receção ao Zenit marca o fim do ciclo de jogos na prova milionária, mas é apenas um dos muitos que constituem o ciclo de dezembro que as águias têm que enfrentar e no qual decidem o seu futuro em três frentes. Vencer e convencer pode impulsionar os homens de vermelho para uma série de vitórias importantíssimas para as conquistas internas e para a continuação nas provas europeias. No entanto, uma nova derrota – ou até um empate – frente aos russos pode despoletar uma reação em cadeia, que pode fazer com que o Benfica entre em 2020 com a corda atada ao pescoço.

Foto de Capa: SL Benfica

Artigo revisto por Joana Mendes

Comentários