Um belo imbróglio de Natal | SC Braga x SL Benfica

    Benfica
    Primeira Liga, 14.ª jornada: domingo, 20h30, 17 de dezembro de 2023

    A ANTEVISÃO: VÉSPERAS DE UMA JORNADA IMPORTANTE, MAS JAMAIS DECISIVA

    À beira das festividades natalícias e da passagem de ano, a Liga Portuguesa vai animar o futebol por cá com a sua 14.ª jornada. Para além do sempre apetecível clássico entre Sporting CP e FC Porto, na segunda-feira, o domingo traz-nos o duelo entre gverreiros e águias. SC Braga e SL Benfica estão separados por um ponto na tabela classificativa, com vantagem para os de Lisboa. Aliás, entre primeiro e quarto distam apenas dois pontos. Artur Jorge e Roger Schmidt já nos habituaram a confrontos entretidos.

    Depois de uma jornada europeia de emoções diferentes, mas destinos iguais, bracarenses e encarnados voltam a medir forças e o encontro promete. Se na temporada passada as águias entraram no Municipal de Braga líderes invencíveis, esta época a situação está longe de ser a mesma. O Benfica iniciou o campeonato a perder, é terceiro classificado e está menos à imagem do treinador do que na época transata. Já o Braga, igual a si mesmo, continua a fazer muitos golos – prima pela eficácia – e a ser castigado pelo seu setor defensivo.

    Em relação ao duelo do ano passado – vitória categórica dos gverreiros por 3-0, as águias apresentarão, certamente, alterações em todos os setores. Trubin rendeu Vlachodimos, Aursnes e Morato têm sido sacrificados pelos erros da estrutura encarnada no último mercado de transferências, João Neves e Kokçu têm a missão de fazer esquecer Enzo Fernández, Di María regressou a ‘casa’ e vem de uma exibição de luxo em Salzburgo, mas a irreverência de Neres – de fora por lesão – tem feito falta no ataque encarnado. E por falar em ataque, há ainda a incontornável questão do ponta de lança. Gonçalo Ramos já saiu há mais de quatro meses e Roger Schmidt ainda não encontrou uma alternativa válida ao jovem português. Tengstedt tem sido o homem mais utilizado nos últimos jogos, mas saiu ao intervalo a meio da semana. Musa nunca facilita o trabalho das defesas contrárias, mas não tem contribuído com números. Arthur Cabral vive muito provavelmente os melhores dias desde que chegou a Lisboa.

    Enzo Fernandez Benfica Braga
    Fonte: Paulo Ladeira/Bola na Rede

    No que diz respeito ao lado minhoto, Artur Jorge tem menos razões de queixa da sua estrutura. É verdade que não há Iuri Medeiros, que até assistiu para um dos três golos, mas é inegável que o plantel do Braga sofreu uma clara melhoria. Víctor Gómez e Niakaté assinaram em definitivo com o clube depois de empréstimos bem-sucedidos. Bruma entrou em Janeiro e chegou-se à frente como uma das grandes figuras da equipa. Vítor Carvalho e Adrián Marín trocaram Barcelos pela cidade dos arcebispos. Rony Lopes e Rodrigo Zalazar chegaram como reforços sonantes e aos poucos vão confirmando as expectativas. João Moutinho e José Fonte vieram para juntar experiência, para além da óbvia qualidade.

    No entanto, e apesar da chegada do central de 39 anos, os problemas defensivos dos bracarenses continuam demasiado evidentes. Embora tenha tido a infelicidade de marcar na própria baliza, no duelo contra o SSC Napoli, Serdar Saatçi começa a ganhar espaço no eixo defensivo dos minhotos. O turco, de apenas 20 anos, parece mesmo ser o central com mais potencial ao serviço de Artur Jorge.

    Roger Schmidt e Artur Jorge reconhecem a importância deste jogo, até porque não será possível fechar os olhos àquilo que se passará em Alvalade, mas recusam dizer que é decisivo. Os técnicos salientam que o campeonato vai apenas na sua 14.ª jornada.

    Luís Godinho é o árbitro nomeado para o encontro.

    10 DADOS RÁPIDOS

    1. Contando apenas jogos realizados em casa do SC Braga, o registo é claramente favorável ao SL Benfica. Os encarnados somam 40 vitórias em 76 jogos.
    2. O Braga, por sua vez, venceu apenas por 18 vezes o Benfica, em casa.
    3. No entanto, o resultado mais comum no SC Braga x SL Benfica é o 0-0. Aconteceu por nove vezes, sendo a última em 2007.
    4. A última derrota do SC Braga, em casa, perante o SL Benfica foi a 21 de março de 2021. Na altura, as águias venceram por 0-2, com golos de Rafa Silva e Seferovic.
    5. Desde aí, os bracarenses somam três vitórias consecutivas no seu reduto, perante o atual campeão nacional.
    6. No total, o SL Benfica já marcou 358 golos ao SC Braga.
    7. Por outro lado, os minhotos marcaram por 140 vezes aos encarnados.
    8. A maior vitória bracarense, em casa, contra o Benfica aconteceu na época de 1953/54. 5-0 foi o resultado final.
    9. A maior vitória do Benfica em casa do Braga aconteceu pouco antes, na época de 1951/52. As águias venceram por 1-6.
    10. O SC Braga detém a atual melhor sequência de vitórias no campeonato: quatro consecutivas.

    JOGADORES A TER EM CONTA

    Ricardo Horta SC Braga
    Fonte: Filipe Oliveira / Bola na Rede

    Ricardo HortaFoi figura do jogo da temporada passada ao apontar dois dos três golos dos arsenalistas. Talvez não esteja a ser tão vistoso quanto foi na época transata, até porque apareceu um endiabrado Bruma para desviar holofotes, mas continua a ser uma referência no ataque da equipa comandada por Artur Jorge. Leva já sete golos e duas assistências no campeonato.

    Di María Mattheus Oliveira
    Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

    Di MariaEl Fideo é o primeiro a dizer que os “os jogos grandes não se jogam, ganham-se” e por norma o mago argentino costuma aparecer quando a sua equipa mais precisa dele. Foi assim em Salzburgo, marcando um golo olímpico e assistindo Rafa para o segundo golo encarnado. Agora em Braga, depois de dois empates consecutivos para a Liga, as esperanças dos encarnados estão essencialmente nos pés no cérebro de Di Maria.

    XI´s PROVÁVEIS

    SC Braga: Matheus; Víctor Gómez, José Fonte, Serdar Saatçi e Borja; Al Musrati e Zalazar; Ricardo Horta, André Horta e Bruma; Abel Ruiz

    Treinador: Artur Jorge

    «Se ganharmos amanhã [domingo], ficamos em primeiro à condição, mas é apenas a 14.ª jornada, temos muito campeonato pela frente».

    SL Benfica: Trubin; Aursnes, António Silva, Otamendi e Morato; João Neves e Kokçu; Di Maria, Rafa Silva e João Mário; Tengstedt

    «Os confrontos diretos podem sempre ser decisivos. Podes ganhar pontos e eles não ganharem pontos se ganhares os jogos, por isso estas partidas estão sempre na nossa mente. Mas é a 14.ª jornada, não é decisivo, não é no final da época”, afirmou Roger Schmidt, no Seixal, na conferência de imprensa de antevisão do desafio de domingo».

    PREVISÃO DE RESULTADO: SC Braga 1-2 SL Benfica

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Vítor Miguel Gonçalves
    Vítor Miguel Gonçalveshttp://www.bolanarede.pt
    Para Vítor, os domingos da sua infância eram passados no velhinho Alvalade, com jogos das camadas jovens de manhã, modalidades na nave e futebol sénior ao final da tarde.