Anterior5 de 5Próximo

1.

Fonte: SL Benfica

Nuno Santos – É, dos jogadores à porta da equipa principal, o mais parecido com Gedson Fernandes. Atua como médio interior direito ou esquerdo ou até nas alas, em particular a direita. Pisa, sensivelmente, os mesmos terrenos do colega de formação e de seleção (onde, no Mundial de Sub-20, atuaram em simultâneo frente à África do Sul, fazendo meio-campo a três com Florentino).

Comparativamente com Gedson, Nuno Santos apresenta uma maior qualidade técnica, mas uma menor capacidade física. De resto, são bastante similares: são polivalentes, leem bem o jogo, demonstram conhecimento tático, são destros, podendo cair em qualquer zona do meio-campo, são fortes no transporte (por serem dotados no respeitante ao controlo de bola), pressionam alto e bem, recuperam bolas com alguma facilidade, têm qualidade de passe, decidem bem no último terço e apresentam uma meia distância razoável.

Nuno Santos, a meu ver, precisa de ser mais constante – em termos de exibições -, acreditando eu que, treinando e jogando com jogadores de um calibre superior ao daqueles com quem partilha balneário na equipa B, esse desígnio será alcançado. Sob pena de ver o seu crescimento travado, o portuense precisa de dar o salto, até porque pouco mais tem a fazer nas equipas secundárias das águias: na época que agora finda, Nuno Santos fez 41 jogos (32 na equipa B, 2 nos sub-23 e 7 nos juniores) e apontou 13 golos (8 na equipa B e 5 nos juniores).

Pela semelhança futebolística com Gedson, pela necessidade de crescer e aparecer a espaços (o que acontecerá, pois não vai ser titular), pela qualidade e vontade que tem mostrado – ainda que de forma algo intermitente – e por ser “prata da casa”, Nuno Santos parece-me ser o melhor candidato à vaga de Gedson Fernandes. No entanto, claro, a decisão final será de Bruno Lage.

Foto de Capa: SL Benfica

Anterior5 de 5Próximo

Comentários