camisolasberrantes

Hoje, 20 de Abril de 2014, quatro anos e quatro épocas depois, o Benfica volta a sagrar-se campeão. Depois de muitas lágrimas derramadas no seguimento daquele que foi o final de época 2012/2013, poucos tinham a coragem e o coração para voltar a enfrentar tudo e todos durante mais um ano e com a esperança de ver, no final, o Benfica – em massa – no Marquês de Pombal.

Aconteceu. Está a acontecer. Hoje provámos que os sonhos se tornam realidade e que a força, o crer e a ambição são capazes de fazer o Benfica campeão. Que nós – adeptos, sócios, jogadores, treinadores e direcção – todos os jogos entramos em campo juntos e com os olhos postos no céu com a esperança de voltar a ver o sol “que risonho vem beijar”. Era e é nosso. Se dúvidas havia, hoje aqui as matamos. Sem medos ou pesares. Porque hoje é dia de festa. E festa teremos até que o campeonato acabe…não esquecendo a Taça de Portugal, a Liga Europa e a Taça da Liga.

Permitam-me o atrevimento, ainda antes de me juntar aos meus companheiros de coração na rotunda mais majestosa deste país, e deixem-me dedicar este (primeiro) título aos enormes benfiquistas que, como nós, nunca deixaram de acreditar e que, ao contrário de nós, já não puderam ficar cá para ver. Não por egoísmo, mas porque na vida a morte também manda. E manda demasiado.

Eusébio, Coluna, Fernando Martins, Medeiros Ferreira e Arlindo Afonso, meu caros, este é vosso. É para vocês. Que o céu tenha Benfica TV, uma geleira cheia de minis e um pires de tremoços. Assim, estaremos sempre juntos à hora do nosso Glorioso. Obrigado. Viva o Benfica.

Comentários