sl benfica cabeçalho 1

Lançado um pouco sem se saber como, também devido à lesão de Júlio César, Bruno Varela atravessa uma fase menos boa no clube.

Após uma fase inicial em que até pareceu ter-se encontrado um substituto para Ederson, pelo menos para as competições internas, a situação começa a adivinhar-se pouco favorável. À passagem da 5ª jornada a equipa já está atrasada em relação aos líderes e eternos rivais, Porto e Sporting. Cinco golos sofridos é o balanço dos primeiros jogos. Não é uma média assinalável, mas para um jogador com pouca experiência neste patamar, e que foi lançado inesperadamente, não é chocante. Faça-se uma análise geral aos pontos perdidos e às exibições: essa desvantagem deve-se ao jovem guarda-redes português?

Em cinco jornadas a equipa ainda não deu provas convincentes de que quer lutar pelo penta. As exibições têm sido fracas, realmente fracas. Rui Vitória insiste, assim que está em vantagem na partida, em baixar as linhas defensivas e colocar jogadores para defender e preservar a posse de bola, em vez de optar por continuar a pressionar alto e procurar chegar a uma vantagem mais confortável e que permita então jogar com o tempo e com o resultado. Jogadores como Salvio e Pizzi estão com um nível exibicional francamente abaixo do que aquilo que podem e conseguem fazer.

Bruno Varela não teve um arranque fácil Fonte: Instagram de Bruno Varela
Bruno Varela não teve um arranque fácil
Fonte: Instagram de Bruno Varela

Mas como em todos os trabalhos, quando algo corre mal a tendência é sempre culpar o elo mais fraco. No Benfica tetracampeão esse elo mais fraco é o jovem guarda-redes, mesmo que apenas tenha sido realmente culpado apenas num golo.

Anúncio Publicitário

Peço mais imparcialidade na altura de perceber as razões que levam a este mau momento da equipa. E com isto coloco uma questão, em jeito de conclusão, que considero pertinente fazer: Senhor Luís Filipe Vieira, o que foi feito dos milhões ganhos nas transferências de Ederson, Nelson Semedo, Lindelof e Mitroglou?

Nem todos os anos a formação dá frutos, por isso tinha sido mais prudente acautelar essa situação e garantir jogadores capazes de assegurar os lugares que ficaram vagos, ao invés de deixar que os jogadores mais vulneráveis, como é o caso de Bruno Varela, saíssem como principais culpados dos desaires encarnados.

Foto de Capa: Flickr/Dan W. Bote