O SL Benfica vive, por estes tempos, uma das melhores fases a nível de formação. Nomes como Rúben Dias, Ferro e Florentino já integram o lote de jogadores que têm lugar no plantel sénior encarnado. Estes, a juntar a nomes que, atualmente, andam na alta roda do futebol mundial, tais como Bernardo Silva, João Cancelo e Nélson Semedo, só vem provar que o Caixa Futebol Campus é uma das melhores escolas de formação do mundo. Podemos até tomar como exemplo João Félix, que rendeu, neste defeso, mais 126 milhões de euros aos cofres da Luz.

No entanto, na academia do Seixal começam a despontar pequenos novos talentos que já estão rotulados como jovens promessas da academia benfiquista.

Tiago Dantas, um menino “made in Benfica”, ingressou nos quadros da Luz com apenas quatro anos de idade. Percorrendo todos os escalões de formação do clube, teve, no início desta temporada, a sua oportunidade de vestir o manto sagrado, enquanto sénior, ao substituir Jonas na sua última aparição no Estádio da Luz.

Premonição ou não, a verdade é que são depositadas em Dantas muitas expetativas e entrar para o lugar de um ícone como Jonas só pode ser um bom indício para o jovem de 19 anos que transborda futebol nos pés.

Pedro Álvaro é outro jovem jogador que tem dado nas vistas no Seixal. O central de 19 anos certamente pensará em seguir o mesmo caminho que os seus homónimos Rúben Dias e Ferro e chegar ao plantel principal dos encarnados. Desde os escalões de formação que o jovem jogador português se destaca pela sua capacidade de roubo de bola e por ser forte no jogo aéreo, além de ser um central muito rápido.

Nuno Tavares, ainda que já se tenha estreado nesta temporada de águia ao peito, ainda não se afirmou totalmente no plantel do Benfica. Sendo defesa-esquerdo, tem a forte concorrência de Grimaldo e foi com a ausência de André Almeida no lado direito do eixo defensivo do glorioso que se estreou. Uma adaptação via Bruno Lage que parece estar a correr bem. Ainda assim, o internacional português André Almeida está de volta e pronto a ocupar novamente o seu lugar.

Assim, Nuno Tavares deverá permanecer à espreita de uma nova oportunidade para ingressar no onze titular. Uma promessa que já não é promessa, uma vez que já provou o seu valor ao mais alto nível.

Nuno Tavares é um dos jogadores que se tem vindo a afirmar, tendo até já se estreado a marcar
Fonte: SL Benfica

Ainda que já esteja a treinar com a equipa A do Benfica, Tomás Tavares, defesa-direito de raiz, é, também, uma das grandes esperanças do Benfica. Muito veloz no drible, é quando sobe no terreno de jogo que se torna mais preponderante, uma vez que desequilibra por completo a equipa adversária. Uma verdadeira pérola em desenvolvimento na academia encarnada e, por ainda ter 18 anos, espera-se uma enorme progressão.

Depois de Nuno e Tomás, não podia faltar o David. Uma “fornada” de Tavares a sair do Caixa Futebol Campus. O médio de 20 anos já tinha tido uma oportunidade de integrar o plantel dos campeões nacionais, mas lesionou-se com gravidade no início da temporada passada.

Conhecido como “rasta”, David Tavares é um médio possante, não lhe valesse a sua envergadura (1.90 m) e reage muito bem à perda de bola. Muito capaz a nível técnico, David é um dos jogadores a ter em atenção na formação secundária encarnada.

Não se podia terminar esta lista de verdadeiras promessas sem falar em Umaró Embaló. O extremo direito é incrivelmente rápido, com e sem bola, e isso, aliado à sua capacidade técnica indiscutível e ao seu incrível faro de golo, confere-lhe um lugar de destaque no Caixa Futebol Campus. Será, talvez, o jogador mais promissor desta lista.

O Benfica está saudável e recomenda-se. A formação tem vindo a dar frutos e o constante investimento na mesma está a ser recompensado. Agora resta acompanhar a evolução destes jovens jogadores e esperar que confirmem o seu talento.

Foto de Capa: SL Benfica

Revisto por: Jorge Neves

Comentários