cartaaberta

Cabe-me a mim, mísero adepto e eterno contestatário deste treinador que pouco vale na verdadeira essência da palavra, escrever a tão desejada carta ao Pai Natal. Pensei bem em como abordar o senhor barbudo. Tenho-lhe todo o respeito e creio que é das poucas pessoas que tirou um curso de gestão na Católica e montou um negócio vindouro.

Inicialmente fui egoísta. Pensei em pedir bens materiais que me enchessem a alma como brinquedos electrónicos, dinheiro ou peças de roupa que demonstrem a minha falsa ostentação e perpetuem a minha vaidade. Contudo, a minha missão desta semana é apelar ao Pai Natal pelo Benfica.

Visto que ninguém o tem feito como deve ser vamos lá ver se eu sou a excepção.

Querido Pai Natal,

Anúncio Publicitário

Bem sei que o Benfica não se tem portado muito bem. Quer dizer, as pessoas quando te fazem isto olham para o balanço do ano e não da época. Ou seja, entre Janeiro e Dezembro, o Benfica até nem se portou mal.

De Janeiro a Maio conseguimos chegar aos oitavos-de-final da Champions, ganhar o campeonato e vencer a Taça de Portugal. Nada mau. Depois tivemos uma folga entre Junho e Agosto. Pelo meio houve uns amigáveis e as coisas começaram a correr menos bem. Levámos 5-0 do Young Boys da Suíça, mas depois fomos buscar a supertaça. De Setembro até Dezembro foi o período onde nos portámos menos bem.

Chegamos a esta fase da época em 3º lugar no campeonato, fora da Liga dos Campeões na pior prestação de sempre de uma equipa portuguesa, fora da Taça de Portugal e ainda, como seria de esperar, dentro da Taça da Liga.

O objectivo desta época ainda é possível, vencer o campeonato. Nem tudo está perdido e estamos a 3 pontos da dianteira. Porém, para que o tão desejado penta chegue à Luz é preciso mudar alguma coisa. É aqui que o teu bom senso e generosidade entra.

Para que o Benfica seja campeão são necessárias duas coisas, vendas e compras.

Ora bem comecemos pelas vendas. Achas que dá para vender o Douglas, o Luisão, o Filipe Augusto, o Salvio, o Paulo Lopes, o Eliseu e o Seferovic? Eu sei que são muitos e que arranjar lar para esta gente toda deve ser uma trabalheira, mas dava mesmo jeitinho.

Uns só estão a ocupar espaço como o Paulo Lopes, o Eliseu e o Filipe Augusto. Outro teve a tusa do mijo e como tal a coisa está-lhe a correr mal, falo do Seferovic. Outros estão a roubar o lugar a quem devia jogar, como o Luisão. E depois há o Douglas.

Luisão lesionou-se no encontro com o Rio Ave FC Fonte: SL Benfica
Luisão lesionou-se no encontro com o Rio Ave FC
Fonte: SL Benfica

Com isto tudo significa que tem de entrar gente. Sei lá, mete um anúncio naqueles sites de outsourcing ou assim. Traz-nos um lateral-direito como deve ser, um central que saiba sair a jogar e defender, um lateral-esquerdo competente, um médio centro que seja uma alternativa plausível ao Fejsa, um extremo-direito que consiga decidir na hora de marcar, que não seja só bola para a frente e logo se vê (Odeio tanto o Salvio)

Finalmente traz-nos um ponta-de-lança. Gosto muito do Jonas mas receio que a idade está a começar a apsnhá-lo e o Jiménez é bom mas tem jogado pouco. Com isto significa que é preciso um terceiro homem de ataque. O suíço não é grande espingarda, mas eles também nunca foram à bola com armas. Por isso, manda vir um que seja um misto de Jonas e Jiménez, presença na área, corrida, persistência e técnica.

Calculo que isto seja pedir muito, mas dá lá um jeitinho. Fala lá com o teu staff de duendes para ver se dá para trazer isso tudo, mas se não der nós ajudamos. Pedimos a carrinha ao Barbas e está o assunto arrumado.

Pode ser?

Muito obrigado, deste teu fã e crente.

P.S.: A falar a sério leva-me o Luisão… E o Salvio.

Artigo revisto por: Ana Ferreira

Foto de Capa: Collor Fully