As primeiras jornadas da fase de grupos do Campeonato do Mundo 2018, na Rússia, já terminaram e a terceira e derradeira jornada iniciou-se com o Egipto a enfrentar a Arábia Saudita e a Rússia a enfrentar o Uruguai. Depois de todas as seleções terem entrado em campo, está na hora de fazer um apanhado aos jogadores vermelhos e brancos e à situação das respetivas seleções nacionais.

Começando por Rúben Dias, o jovem central não saiu do banco quando a seleção portuguesa enfrentou os ‘nuestros hermanos’, Espanha. O resultado resultou num empate com um hat-trick de Cristiano Ronaldo. No segundo jogo, o jovem manteve-se no mesmo sítio, mas desta feita Portugal venceu Marrocos por 1-0. No grupo B, Irão está com três pontos atrás de Espanha e Portugal, que partilham liderança com quatro pontos cada. Marrocos está em último com zero pontos e já está fora da competição.

No grupo C, onde está inserido o Perú, Carrillo jogou os 90 minutos, mas não conseguiu evitar a derrota por 1-0 frente aos dinamarqueses. Frente a França, o resultado foi o mesmo, apesar do jogador do Benfica ter jogado toda a partida. Com as duas derrotas, o Perú despede-se do Mundial. França garantiu o apuramento e Dinamarca e Austrália discutem a outra vaga.

A Argentina de Sálvio, no grupo D, foi surpreendida por uma Islândia que cada vez mais mostra que este tipo de resultados não devia ser surpresa. Acabou em empate, com o representante encarnado a jogar o jogo todo, mas a lateral direito. Frente à Croácia, na derrota pesada por 3-0, jogou 56 minutos. O outro benfiquista do grupo, Ebuehi, não saiu do banco enquanto via a sua seleção a perder por 2-0 frente à Croácia. No entanto, na vitória frente à Islândia, por 2-0, entrou ao intervalo. A Croácia está apurada, mas a segunda vaga pode ser ocupada por qualquer uma das outras seleções, havendo ainda um frente-a-frente entre Sálvio e Ebuehi no jogo que pode mandar a Argentina para casa, caso não vença.

A Argentina de Sálvio pode acabar eliminada se não vencer a Nigéria na terceira jornada
Fonte: FIFA World Cup

Os sérvios Zivkovic e Jovic venceram a Costa Rica por 1-0, mas viram todo o espetáculo a partir do banco de suplentes. Quem surpreendeu foi a Suíça de Seferovic que empatou a uma bola frente ao pentacampeão Brasil. O suíço jogou 80 minutos. No segundo jogo, Sérvia e Suiça mediram forças e quem levou a melhor foi a equipa de Seferovic, ao vencer por 2-1. O suíço saiu ao intervalo e os sérvios continuam sem jogar. No grupo E, apenas a Costa Rica está eliminada. Sérvia, com três pontos, Brasil e Suíça com quatro, ainda discutem os lugares de apuramento.

Anúncio Publicitário

Noutra grande surpresa neste Mundial, o México de Raúl Jiménez venceu a Alemanha por 0-1. Jiménez entrou aos 66 minutos. Na segunda ronda, outra vitória mexicana, mas frente à Coreia do Sul, por 2-1, mas sem a ajuda de Jiménez que ficou no banco. Apesar das duas vitórias, em caso de vitória sueca e alemã na terceira ronda, Jiménez regressará a casa. Em caso de empate ou vitória mexicana, uma das outras duas será eliminada, sabendo desde já que a Coreia do Sul lhe fará companhia.

Na terceira ronda, Portugal, Nigéria, Suíça, Sérvia e México procuram garantir presença nos oitavos de final, enquanto que o Perú está já eliminado. Na fase seguinte, poderão existir embates entre Suíça e México ou Sérvia e México, sendo apenas estes dois os possíveis embates entre representantes encarnados nos oitavos de final.

Foto de Capa:  FIFA World Cup

Comentários