Na preparação da nova época, Bruno Lage e os dirigentes do SL Benfica não têm mãos a medir. Vários são os atletas que têm o seu papel no clube da Luz indefinido e, por isso, tornam-se excedentários.

Yuri Ribeiro foi confirmado no Nottingham Forest. O SL Benfica fica com 50% do direito de uma futura venda do lateral esquerdo de 22 anos. De águia ao peito, Yuri fez nove jogos pela equipa principal. Após uma boa época ao serviço do Rio Ave, o regresso de Yuri Ribeiro ao plantel dos encarnados não correu assim tão bem, porque tinha a forte concorrência de Álex Grimaldo e sempre que foi chamado não correspondeu às expetativas.

Alfa Semedo terá o mesmo destino de Yuri Ribeiro, saindo por empréstimo de um ano, sem opção de compra. Semedo ainda teve minutos na primeira metade da época transata, no entanto, acabou por ser emprestado, em janeiro, ao Espanyol, onde só fez três partidas. A falta de espaço no meio campo encarnado foi uma das principais razões deste empréstimo.

Em Espanha, mantém-se Facundo Ferreyra, que continuará vinculado por empréstimo ao Espanyol.

Chegou também a confirmação da transferência em definitivo do avançado, Ivan Saponjic, de 21 anos, para o Atlético de Madrid, onde reencontrará o ex-colega, João Félix. O valor da transferência foi de 1 milhão de euros ficando o SL Benfica com 50% do passe do jogador. Na última época, o jogador esteve dividido entre a formação de sub-23 e a equipa B, tendo realizado 36 jogos e apontado nove golos.

Quem está muito perto de regressar a Inglaterra é Chris Willock. O extremo de 21 anos deve ser emprestado, também, a um emblema do segundo escalão do futebol inglês. O jogador realizou 36 jogos pela equipa secundária das águias, onde apontou 11 golos. As equipas que estão de olho e que se preveem como destino provável do extremo são Leeds, Wigan e West Bromwich Albion.

Ljubomir Fejsa também estará no encalço da saída do clube da Luz após seis temporadas de ligação. O principal candidato a contratar o médio sérvio é o clube turco, Fenerbahçe, numa transferência que deve rondar os 3 milhões de euros. Ainda assim, o Galatasaray entrou na corrida pela aquisição do médio que verá, no clube turco, uma opção mais viável, uma vez que tem presença na Liga dos Campeões assegurada na próxima temporada. 13 títulos depois, o sérvio já não tem a mesma preponderância no plantel encarnado e deverá mesmo sair.

Fejsa tem um palmarés invejável, tendo conquistado 23 troféus coletivos, 13 deles ao serviço do SL Benfica Fonte: SL Benfica

Cristián Arango, de 24 anos, foi também transferido, a título definitivo, para o Millonarios, clube que milita na liga colombiana. O jogador custou aos cofres encarnados uma quantia a rondar os 2 milhões de euros. No tempo que esteve contratualmente ligado ao Benfica, surgiram empréstimos ao CD Aves e ao Tondela, mas nunca se afirmou na Luz.

O defesa argentino, Cristián Lema, de 29 anos, também está com um pé fora da Luz. As negociações com o Peñarol caíram, pois, o Benfica pedia cerca de 3 milhões de euros pelo passe do atleta, valor que o clube de Montevidéu não estava disposto a pagar. O defesa não tem espaço no plantel de Bruno Lage e acabou mesmo por ser emprestado ao clube argentino Newell’s Old Boys até ao final da próxima temporada.

André Carrillo, de 28 anos, também está de saída após um excelente desempenho na Copa América ao serviço do Peru. O extremo esteve o Al-Hilal na época anterior, onde realizou 26 partidas e marcou quatro golos. O Al-Hilal já mostrou interesse na contratação do jogador peruano, no entanto tem a concorrência do Al-Nassr, de Rui Vitória e do Flamengo, de Jorge Jesus. O valor da transferência, em caso de saída, deverá render aos cofres encarnados valores compreendidos entre os 15 e os 20 milhões de euros.

Mile Svilar, segundo guarda-redes do plantel do glorioso, deverá ser emprestado com o intuito de ganhar minutos e experiência. A Bélgica é o destino mais provável do jogador.

Salvio está a caminho do Boca Juniores, como já foi avançado aqui.

Quem também saiu dos quadros do SL Benfica foi o médio Bernardo Martins para o Paços de Ferreira. O jogador foi contratado ao Leixões, em janeiro, tendo realizado 12 jogos, todos pela equipa B, e marcado um golo. Como habitual, o Benfica fica com 50% do passe do atleta. Também em definitivo, Simón Ramírez segue para o Belenenses SAD em 2019/2020. O lateral direito chileno totalizou 17 jogos entre a equipa B e sub-23 em 2018/2019. Ainda em Portugal, Pedro Amaral segue para Vila do Conde, onde vai representar o Rio Ave.

O clube da Luz começa, assim, a arrumar a casa com o intuito de preparar a nova temporada. Contudo, e uma vez que Bruno Lage deu a entender que pretendia um plantel mais curto para a nova época, poderá haver mais saídas.

Foto de Capa: Carlos Silva/Bola na Rede

 

Comentários