Topo Sul

É hora de assumir o comando, Benfica. O dia de amanhã poderá ser um dos mais marcantes da época. Espero, por isso, que o seja e que daqui a uns meses o recorde com muita emoção e alegria. Aquilo que estou a dizer pode parecer descabido e exagerado, mas o jogo de amanhã frente ao Rio Ave é de uma importância considerável. A derrota de hoje do F.C.Porto faz com que, em caso de vitória, o Benfica assuma a liderança do Campeonato. Resta saber se será partilhada com o Sporting ou não. Ainda assim, comandar a tabela neste momento tem tudo para beneficiar a nossa equipa, que poderá ganhar um ânimo extra e uma dose de motivação que nos faça rumar ao título.

Para que este cenário se concretize é preciso ir buscar os três pontos a um campo historicamente difícil para os adversários. É certo que, nesta temporada, o Estádio dos Arcos não se tem assumido como a fortaleza de um Rio Ave que ainda só venceu um jogo em casa e perdeu quatro. Contudo, ir jogar a Vila do Conde nunca será tarefa fácil e todos os cuidados são poucos para uma equipa que conta com jogadores de inegável talento, como são Ukra, Tarantini ou Diego Lopes.

O duelo será duro e disputado, mas, como é natural, exige-se ao Benfica a vitória e consequente subida ao primeiro posto da tabela. O jogo de amanhã é um daqueles em que não se pode vacilar e em que o único resultado aceitável é a vitória. É certo que no nosso clube essa lógica é imperial, mas para este jogo a mesma acresce. Por termos a possibilidade de comandar o campeonato pela primeira vez esta época, mas sobretudo por dispormos da hipótese de nunca mais a largar e arrecadar o título nacional. Para qualquer equipa o facto de liderar uma competição traz uma motivação fundamental para o grupo e para a massa adepta. Podemos passar a ser o alvo a abater, aquela equipa que qualquer adversário quer derrotar. Ou podemos ganhar uma dose adicional de pressão. Mas um clube como o Benfica sempre viveu e viverá com isso e tem de saber lidar perfeitamente com tais vicissitudes.

Vitória em Vila do Conde garante liderança / Fonte: record.xl.pt
Vitória em Vila do Conde garante liderança
Fonte: Record

Para concluir, reforço a relevância do jogo de amanhã para aquilo que será o resto da temporada. A vitória de amanhã poderá ser o início de um caminho glorioso para a equipa e por isso não a podemos deixar escapar. É crucial que façamos um bom jogo, com a consistência e dinâmica necessária para arrecadar os três pontos e saltar para o primeiro lugar, aquele nos deve pertencer sempre. Depois é aguentar a pressão de sermos primeiros e, de uma vez por todas, não deixarmos escapar a liderança. Quem está na frente e comanda deve fazer de tudo para não perder essa posição e focar-se exclusivamente nesse objectivo. Nem que para isso tenhamos de abdicar de lutar por um título europeu. A este Benfica pede-se que ganhe sempre, mas implora-se pelo título de campeão nacional e esse terá de ser sempre objectivo número um do clube. Amanhã poderemos ser primeiros e nunca mais deixar de o ser. Tem isso presente, meu querido Benfica.

Anúncio Publicitário