Os últimos jogos do SL Benfica têm sido penosos de se ver. Ainda que tenham passado o teste em Vila do Conde, ao vencer o Rio Ave FC por duas bolas a uma, os encarnados mostraram grandes dificuldades nesta partida.

A equipa tem vindo a ter exibições apáticas e agora, com uma baixa de alto calibre, Bruno Lage poderá ter uma grande dor de cabeça para resolver. Lage apostou a temporada toda em Alejandro Grimaldo, e o defesa esquerdo espanhol, um dos mais acarinhados pelos adeptos, é o titular indiscutível da lateral esquerda encarnada.

Contudo, uma lesão no jogo frente ao Portimonense SC, no decorrer da partida a contar para a 26ª jornada da Primeira Liga, colocou Grimaldo fora das escolhas de Bruno Lage até ao final da temporada.

Posto isto, esta é uma contrariedade para o técnico de 44 anos, que não tem tido vida fácil aos comandos do SL Benfica. Resta agora apostar em Nuno Tavares, a única opção disponível na primeira equipa dos encarnados para colmatar a ausência de Álex Grimaldo.

Anúncio Publicitário

Nuno Tavares até começou a temporada a titular, mas a jogar fora da sua posição. Defesa esquerdo de raiz, Nuno iniciou a temporada a jogar na lateral direita, tendo realizado boas exibições, chegando até a fazer o gosto ao pé na primeira jornada do atual campeonato. Este foi o seu primeiro golo de águia ao peito e não podia ter tido melhor estreia.

No entanto, o aparecimento de Tomás Tavares e o regresso de André Almeida acabaram por custar a titularidade a Nuno Tavares, que se viu relegado para segunda opção da lateral esquerda. Nesta temporada leva nove jogos na formação encarnada e vivia na sombra de Grimaldo, o titular indiscutível.

Com Grimaldo fora das contas, Nuno terá a sua oportunidade para justificar a sua presença no plantel, sendo que no último jogo até fez uma assistência para golo.

No seu regresso à titularidade pelos encarnados, Tavares mostrou bons apontamentos, tendo sido um dos melhores em campo. Preencheu a lateral esquerda de uma forma que apenas Grimaldo tem sido capaz e não deixou os adeptos assim com tantas saudades do espanhol.

Num breve apontamento, apraz-me ver um lateral capaz de tirar um bom cruzamento (tal como o do lance do primeiro golo), algo que tem sido raro nas exibições do Sport Lisboa e Benfica.

A forma como o jovem português tomou conta de toda a ala esquerda foi um dos sinais positivos e mostra que Nuno Tavares quer marcar presença assídua nas escolhas de Lage, ao invés de ser apenas aquele substituto que ninguém quer que nunca seja preciso.

Nuno Tavares tem qualidade, e mostrou isso mesmo, para jogar pelo SL Benfica e terá, à partida, até ao final da temporada para provar o seu valor. De resto, espero que termine a temporada tal como a começou: a marcar, a assistir, a impressionar.

Artigo revisto por Joana Mendes