logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

E depois do Clássico?

sl benfica cabeçalho 1

Benfica e FC Porto são os dois grandes candidatos ao título de campeão da Liga NOS 2016/17. Neste momento, estão a sete jogos de decidir quem ergue o troféu. Na última jornada, houve o duelo entre os dois, o grande clássico português, que em nada ajudou a decidir: acabou empatado a uma bola. O resultado repetido, teve a sua origem na primeira volta quando o Benfica foi ao Dragão enfrentar os azuis e brancos.

Benfica
Ainda há muito para conquistar
Fonte: SL Benfica

O Benfica está um ponto à frente da equipa do Norte e dependo só de si para vencer o título e tornar-se tetracampeão português pela primeira vez na sua história. Após o empate no clássico, empatou em casa contra o Estoril, na segunda mão da meia final da Taça de Portugal, apurando-se para a final no Jamor. No entanto, está há três jogos consecutivos sem ficar com os três pontos. Se quer erguer a taça no final das 34 jornadas e conquistar o 36.º título de campeão do largo palmarés, terá de voltar às vitórias. Dependendo só de si, e tendo uma margem de apenas um ponto para o segundo classificado, o Benfica tem de fazer melhor e minimizar a margem de erro para zero e conquistar todos os três pontos em todas as sete jornadas que faltam jogar.

Passando à resposta à pergunta inicial: E depois do clássico? O que falta jogar aos dois candidatos ao título? As deslocações e o quão perigosas são. Vamos fazer um levantamento de tudo o que há por jogar nesta reta final desta edição da Liga NOS.

Desde pequeno que o Benfica faz parte da vida do Pedro Estorninho. Avô e pai benfiquistas deixaram-lhe no sangue a chama das águias. A viver nos Açores nunca teve muitas oportunidades de ver o clube ao vivo, mas os estudos trouxeram-no à capital, onde pode assistir de perto aos jogos do tricampeão. A paixão pela escrita sempre foi algo dentro dele que nunca conseguiu mostrar e surge agora a oportunidade de juntar o melhor dos dois mundos.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Desde pequeno que o Benfica faz parte da vida do Pedro Estorninho. Avô e pai benfiquistas deixaram-lhe no sangue a chama das águias. A viver nos Açores nunca teve muitas oportunidades de ver o clube ao vivo, mas os estudos trouxeram-no à capital, onde pode assistir de perto aos jogos do tricampeão. A paixão pela escrita sempre foi algo dentro dele que nunca conseguiu mostrar e surge agora a oportunidade de juntar o melhor dos dois mundos.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA