logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Época vermelha e branca: afinal o que trouxemos para casa?

É mais que ponto assente que, quer no futebol, quer nas restantes principais modalidades coletivas, o SL Benfica, todos os anos, tem sempre uma forte palavra a dizer. O trabalho feito ao longo destes últimos tempos tem vindo a colher frutos, estando cada vez mais vasto o palmarés e cada vez mais pequeno o Museu Cosme Damião. No que ao futebol diz respeito, a época que acabou de terminar deixou um sabor amargo na boca de todos os benfiquistas que, habituados a ganhar taças atrás de taças, tiveram de se contentar apenas com a Supertaça Cândido de Oliveira e um segundo lugar puxado a ferros no campeonato. E quanto às restantes modalidades? Como é que foi toda a época vermelha e branca e, afinal, o que é que trouxemos para casa?

“Louca da cabeça” pelo SL Benfica e com um olho sempre atento ao Real Madrid, a Vanda vibra com o mundo do futebol desde pequenina. Jogou futsal até aos 17 anos, tendo trocado a bola pela paixão pelas letras. Atualmente joga no campo da linguística onde é bastante feliz.                                                                                                                                                 A Vanda escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

“Louca da cabeça” pelo SL Benfica e com um olho sempre atento ao Real Madrid, a Vanda vibra com o mundo do futebol desde pequenina. Jogou futsal até aos 17 anos, tendo trocado a bola pela paixão pelas letras. Atualmente joga no campo da linguística onde é bastante feliz.                                                                                                                                                 A Vanda escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA