No Caixa Futebol Campus, tem vindo a despontar mais um bom valor da Formação do Sport Lisboa e Benfica. Desta vez, falamos de Francisco Ferreira (conhecido por “Ferro”, no mundo do Futebol), jovem defesa-central de 21 anos.

O nome que destacamos não é surpresa para ninguém. Na actual temporada, foi um dos jogadores mais importantes da equipa B do SL Benfica, uma vez que, com a subida de Rúben Dias ao plantel principal do SL Benfica, foi Ferro quem ficou com a responsabilidade de carregar a braçadeira de capitão e de se tornar no novo patrão da defesa da equipa secundária. Adicionalmente, mereceu também a confiança de Rui Jorge para assumir a titularidade na Selecção Nacional de Sub-21. Terá sido, portanto, uma época em ascensão para o jovem natural de Oliveira de Azeméis.

Estamos perante um defesa-central com óptima capacidade técnica, com uma visão de jogo bastante acima de média para a posição que ocupa (o que lhe permite iniciar o processo de construção de jogo com bastante qualidade) e um forte jogo aéreo. Em termos posicionais, Ferro encontra-se a um nível já bastante razoável, o que lhe permite estar sempre no encalço dos adversários, de forma a utilizar a sua boa capacidade de desarme. Para além das capacidades técnicas, há que reconhecer em Ferro uma capacidade de liderança nata. A meu ver, tem ainda algo a melhorar ao nível da concentração e da tomada de decisão, mas está já no bom caminho para fazer parte do plantel principal.

Ferro tem sabido aproveitar a oportunidade para se evidenciar como patrão da defesa da equipa comandada por Hélder Cristóvão
Fonte: SL Benfica

Segundo consta, a qualidade do actual capitão dos “bês” não tem passado despercebida lá fora. A evolução de Ferro fez com que o Liverpool FC avançasse para a sua contratação na passada janela de transferências, avanço esse recusado de imediato pela Direcção do SL Benfica, uma vez que vê no jovem uma aposta para o futuro imediato.

Na próxima temporada, poderá beneficiar de uma possível venda de Lisandro López (o argentino está emprestado ao FC Inter de Milão e poderá ver a sua cláusula ser activada) e assim ocupar a vaga deixada em aberto. Além do mais, consta que Rui Vitória pretende contar com Ferro durante a pré-temporada.

Ainda há um longo caminho para percorrer” – dizia Ferro, ao Bola na Rede, em 2013. Hoje, o que é certo é que o camisola 97 tem já treinado de forma bastante assídua com o plantel principal, tendo, ao que parece, Luisão como o seu grande mentor. As características de Ferro são diferentes das do brasileiro, no entanto, o “Girafa” poderá ter aqui um importante contributo no lançamento deste jovem. Terá de continuar a trabalhar e o percurso ainda não terminou, mas que está na direcção correcta, isso está.

Passamos, agora, a bola a Rui Vitória.

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários

Artigo anteriorO voleibol dos leões veio para ficar e… ganhar
Próximo artigoConseguirá o Benfica parar o Sporting?
Alfacinha de gema e Benfiquista por natureza, Bruno é um obcecado por Futebol e foi através da escrita que encontrou a melhor forma de dar a conhecer essa sua paixão pelo desporto-rei. É capaz de estar desde Segunda-feira até Domingo à noite a ver todos os jogos que passam na TV. Terá sido em pequeno que toda esta loucura futebolística foi despertada pelo seu Pai e pelo seu tio que, respetivamente, o levavam ao Estádio do Restelo e ao Estádio da Luz. Bruno não suporta facciosismos e tenta sempre ser o mais crítico possível para com o seu clube.                                                                                                                                                 O Bruno não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.