lanternavermelha

Segundo o Correio da Manhã, ou da Manha, como preferirem, Ivan Cavaleiro não quis renovar com o Benfica.

Ora bem, isto tanto pode ser uma grande manha como uma grande verdade. Mas vindo de onde vem, talvez o importante seja perceber as implicações disto num formato meramente especulativo. E a ideia aqui é essa.

Ivan Cavaleiro tem sido no decorrer desta época um miúdo em destaque na equipa B encarnada, com oportunidades no plantel principal, minutos de jogo e bons apontamentos que o fizeram ser reconhecido como a nova aposta da formação encarnada – esperando eu e muitos adeptos que não seja a única.

Então elucidem-me: o que leva um miúdo que vem da formação, que desponta na equipa B e que até tem oportunidades no principal plantel do Benfica a não querer renovar? É que, por exemplo, o Miguel Rosa (actualmente no Belenenses) é claramente um caso de eternidade secundária (leia-se ‘com Jesus nunca iria ter minutos na equipa principal, ficando para sempre como o capitão da equipa B’), pelo que fez todo o sentido abandonar o clube e procurar, obviamente, uma oportunidade de mostrar o seu valor fora de portas. Já em relação a Cavaleiro, não se aplica o mesmo princípio. Deste modo, estamos na presença de um novo caso Bruma? Espero que não e acredito que não.

Anúncio Publicitário
É para continuar? Fonte: record.xl.pt
É para continuar?
Fonte: Record

Em primeiro lugar, porque o rumor, que é só isso, vem de onde vem (o respeitado Correio da Manha – sim, da manha); e em segundo lugar porque quero acreditar que temos, enquanto clube, pessoas e uma estrutura competentes para elucidar o jovem menino de que o melhor é estar onde está, sem estrelismos nem peneiras, porque, se analisarmos bem, ainda não mostrou nada.

O Ivan tem tudo para ser a nova pérola encarnada, tem força física, velocidade, técnica, irreverência própria da idade e é acarinhado pelos adeptos. Algo que não acontece com todos. Algo que deve ser valorizado pelo jogador e pelo qual deve estar agradecido. Se existe potencial no menino para voar mais alto do que aquilo que o Benfica tem para oferecer? Com trabalho e a evolução que se espera dele, acredito que sim. Pode ambicionar mais e acho que é inclusivamente legítimo fazê-lo. Contudo, julgo que é necessária alguma água na fervura.

Há que ter noção de que se é jovem, de que não se pode exigir ao clube mundos e fundos sem dar provas concretas para isso.

Em terceiro lugar, não estamos do outro lado da segunda circular.

Portanto, Ivan, se leres isto, agradeço, e peço, enquanto benfiquista, que continues a fazer o teu trabalho, que não te iludas, que despontes, que te mostres, que renoves, que percebas o teu actual lugar mas também aquele que pode vir a ser o teu lugar dentro do Benfica.

Não queiras ser um Bruma, até porque Ivan Cavaleiro soa muito melhor.

Enfim, isto seria o que teria a dizer caso este caso fosse real. Como foi notícia com fundamento no vazio, noticiada no magnífico jornal ao qual não faço mais publicidade, a única coisa que tenho a dizer ao Ivan é:

Jogas muito, meu menino! Por isso continua e nunca te estragues.