Como toda a gente sabe, o SL Benfica e o FC Porto são os dois principais rivais do Campeonato Português. Isto porque são os dois clubes portugueses com o melhor historial de títulos a nível nacional, no que diz respeito ao futebol. A partida onde ambos se encontram em campo denomina-se “Clássico”, e dificilmente será entendido como um simples jogo, pois a rivalidade dos dois clubes transcende, por vezes, os campos futebolísticos.

Embora, historicamente, apenas o FC Porto se tenha assumido “politicamente” na sua cidade, ambos os clubes têm uma enorme dimensão nacional entre adeptos e sedes/casas por todo o país. Mais ainda, os dois rivais têm também casas do clube no estrangeiro, onde são bastante apoiados.

No que diz respeito às estatísticas, o Sport Lisboa e Benfica é, neste momento, o detentor de mais títulos, em comparação com os azuis e brancos. Por sua vez, é o FC Porto quem tem mais campeonatos ganhos consecutivamente e é também o recordista das Supertaças Cândido de Oliveira. Não ficando só por aqui, os dragões são o clube português mais bem-sucedido nas provas europeias, com sete troféus conquistados, liderando o confronto direto com o rival encarnado. Mas não é só o FC Porto quem domina: o SL Benfica é o clube com mais títulos nacionais e é recordista dessa mesma competição, adicionando também as Taças de Portugal e as Taças da Liga, sendo assim a única equipa com todas as quatro competições nacionais no mesmo ano (2014). No que toca a competições internacionais, as águias voltam a estar em destaque, sendo o único clube a ser Bicampeão Europeu (1961 e 1962) e ainda a alcançar o recorde de finais europeias (10).

Esta época, o SL Benfica tem estado melhor que o FC Porto no que diz respeito às estatísticas.
Fonte: SL Benfica
Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede

Falando apenas desta época, o Benfica está em melhor posição que o Porto no que diz respeito ao melhor ataque e às maiores goleadas. No entanto, o clube do Norte é, neste momento, o clube com melhor defesa e menos derrotas. Mais ainda, as águias têm o melhor marcador (Seferovic), o maior número de assistências (Pizzi), a maior média de golos (Seferovic) e o melhor marcador suplente (Seferovic). Já os dragões são apenas os detentores do jogador com mais minutos de jogo (Iker Casillas).

Ocupando o 1º lugar da tabela classificativa da Liga NOS, o SL Benfica soma 28 jogos, 77 golos marcados, 44 golos marcados em casa, 33 golos marcados fora, quatro golos marcados através de grande penalidade, um auto-golo a favor, 65 golos marcados com titulares, 11 golos marcados com jogadores suplentes e nove vitórias por mais de três golos. Já o FC Porto conta com o mesmo número de partidas, com 58 golos marcados (menos 19 golos que as águias), com 34 golos marcados em casa (menos 10 que os encarnados), 24 golos marcados fora (menos nove que o SL Benfica), cinco golos marcados através de pénalti (mais um que o Benfica), um auto-golo a favor (o mesmo que as águias), 50 golos marcados por titulares (menos 15 que os encarnados), sete golos marcados por suplentes (menos quatro que o clube da capital) e sete vitórias por mais de três golos (menos duas que o SL Benfica).

Neste sentido, tudo aponta para a superioridade do clube da Luz no que se refere a estatísticas. Os confrontos diretos também mostram que o Benfica tem vantagem sobre o clube da Invicta, visto que as águias ganharam na Luz (para o campeonato) por uma bola a zero a 7 de outubro de 2018 e, no Dragão (também para o campeonato) por duas bolas a uma a 2 de março deste ano.

Texto revisto por: Mariana Coelho

Foto de Capa: Bola na Rede

Comentários