Com o regresso de Jorge Jesus confirmado, começam a surgir, também, alguns rumores sobre reforços que poderão chegar ao SL Benfica neste mercado de verão. Um dos nomes apontados é já um velho conhecido dos adeptos encarnados, tendo envergado a camisola vermelha e branca de forma exemplar entre 2011 e 2014: Ezequiel Garay.

O argentino, que terminou contrato com o Valência CF em julho, estará interessado num possível regresso às “águias”, onde passou alguns dos seu melhores anos a nível profissional, tendo sido no Benfica onde se afirmou como um central de topo no panorama mundial do futebol.

A eventual vinda de Garay trará um acréscimo de qualidade enorme para um setor que se encontra extremamente debilitado. Numa altura em que Ferro demonstra alguma incapacidade para assumir a titularidade, e Jardel demonstra alguma debilidade física, o argentino poderá, facilmente, assumir a titularidade e fazer uma excelente dupla com Rúben Dias, dado que já se encontra familiarizado com o futebol português e que, com 33 anos, traz consigo imensa experiência que poderá ser útil para o desenvolvimento dos jovens do plantel.

Apesar de ter 1,89m, Garay mostrava uma enorme agilidade e velocidade no momento do desarme
Fonte: SL Benfica

Com um jogo aéreo fortíssimo, velocidade de raciocínio e leitura de jogo acima da média, assim como um enorme à vontade e qualidade a construir jogo, Garay é o tipo de defesa que Jorge Jesus gosta de ter nos seus plantéis, pelo que, com a chegada do técnico, não seria de espantar que o mesmo pudesse equacionar a contratação do defesa argentino.

Anúncio Publicitário

Um “central moderno” no que a construir jogo diz respeito, o argentino tornou clara a importância de ter defesas que se sintam confortáveis com a bola nos pés de modo a libertar outros jogadores da primeira fase de construção do jogo.

Ezequiel Garay poderá (voltar a) reforçar as “águias” nesta nova reconquista encarnada pelo título de campeão nacional, sendo que a sua chegada é vista com bons olhos por grande parte dos benfiquistas.