É oficial: Florentino Luís será jogador do AS Mónaco por empréstimo do SL Benfica, sem opção de compra, durante uma temporada. O jovem luso-angolano parte, assim, para a sua primeira aventura fora do país, em busca de minutos de jogo, perspetivando-se, no entanto, o seu regresso à Luz no final da época.

Após ter conquistado a titularidade a meio da época 2018/2019, onde, fazendo dupla com Samaris, foi uma peça importante para a reconquista do campeonato, Florentino tem vindo a perder espaço no plantel das “águias”, sendo que a contratação de Julian Weigl, em janeiro, parece ter dado a machadada final nas aspirações de Florentino em ter um lugar no onze inicial.

O jovem de 20 anos demonstra uma capacidade de leitura de jogo notável, que lhe permite antecipar as jogadas dos adversários e lançar contra-ataques fulminantes que apanham as defesas contrárias desprevenidas. Além disso, mostra uma grande capacidade no que ao passe e à construção de jogo diz respeito, tornando-o num exemplar perfeito de um número 6 moderno.

Anúncio Publicitário

Atualmente na sétima posição da Ligue 1, com uma derrota, duas vitórias e um empate, a chegada de Florentino poderá ajudar a estabilizar a equipa do principado, que conta já com cinco golos sofridos em apenas quatro partidas.

Além disso, o luso-angolano terá como colega de setor Cesc Fábregas, que, sem dúvida alguma, poderá ajudar Florentino a evoluir em certos aspetos do jogo, em particular no que à construção diz respeito.

Passado os primeiros tempos, onde terá que haver adaptação a uma nova realidade, penso que Florentino assumirá, muito em breve, a titularidade no emblema monegasco.

De resto, Jorge Jesus já afirmou publicamente, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo frente ao Moreirense FC, que exigiu a Luís Filipe Vieira que Florentino regressasse à Luz, pelo que, em princípio, ainda deveremos ver o luso-angolano com a camisola do glorioso.

No entanto, conhecendo o histórico de Luís Filipe Vieira, assim como o valor de Florentino Luís, será muito difícil segurar o trinco, especialmente se ele demonstrar em França aquilo que tem vindo a demonstrar no Benfica.

Resta apenas desejar a melhor sorte do mundo a Florentino, que é um de nós, e esperar que ele ainda volte ao Sport Lisboa e Benfica para continuar a ajudar os benfiquistas a conquistar títulos.

Artigo revisto por Joana Mendes