logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

Gonçalo Guedes: A promessa inconveniente

sl benfica cabeçalho 1

É muito contestada a sua qualidade. Para uns é uma promessa prestes a explodir, para outros é apenas um jovem “overrated”. Estes últimos, são, maioritariamente, adeptos dos rivais encarnados e, em contrariedade, os primeiros são, na sua maioria, adeptos do Sport Lisboa e Benfica. Contudo, clubismos à parte, vamos esmiuçar tudo no que toca à sua virtude.

Gonçalo Manuel Ganchinho Guedes, nasceu na pequena vila de Benavente. Em 2005 ingressou nas escolas do Benfica e desde aí que não jogou com outra camisola que não o manto sagrado. Na altura era apenas um rapazinho de 9 anos que não sabia a tinta que iria fazer correr, as discussões de café que iria iniciar, nem os apoiantes e haters que iria ter.

Quando disse que o jovem nunca tinha jogado com outra camisola, estava sem querer a cometer um perjúrio. Na verdade, Guedes já representou por várias vezes a seleção das quinas, sendo assim o único outro emblema que ostentou no peito. E desta vez, é realmente a verdade.

Agora, Gonçalo Guedes tem 19 anos. Está a subir na carreira. Com Rui Vitória ao leme do barco encarnado, parece que as oportunidades para os jovens começarem a remar estão a aparecer e Guedes aproveita para se mostrar e rema contra a maré de críticos que dizem que ele não é bom o suficiente. Contudo, e como em tudo, há o outro lado da moeda, há uma legião de apoiantes que não o deixam a remar sozinho.

Mapas em cima do convés: em que direção navegamos? Promessa ou “overrated”?

Desde pequeno que o Benfica faz parte da vida do Pedro Estorninho. Avô e pai benfiquistas deixaram-lhe no sangue a chama das águias. A viver nos Açores nunca teve muitas oportunidades de ver o clube ao vivo, mas os estudos trouxeram-no à capital, onde pode assistir de perto aos jogos do tricampeão. A paixão pela escrita sempre foi algo dentro dele que nunca conseguiu mostrar e surge agora a oportunidade de juntar o melhor dos dois mundos.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Desde pequeno que o Benfica faz parte da vida do Pedro Estorninho. Avô e pai benfiquistas deixaram-lhe no sangue a chama das águias. A viver nos Açores nunca teve muitas oportunidades de ver o clube ao vivo, mas os estudos trouxeram-no à capital, onde pode assistir de perto aos jogos do tricampeão. A paixão pela escrita sempre foi algo dentro dele que nunca conseguiu mostrar e surge agora a oportunidade de juntar o melhor dos dois mundos.                                                                                                                                                 O Pedro escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA