Anúncio Publicitário

A chegada de Jorge Jesus para o comando técnico encarnado significa, a título imediato, em mudanças no plantel do Sport Lisboa e Benfica, nomeadamente no posto de guarda-redes. Ora, se nas últimas semanas surgiram reforços como Waldschmidt, Everton, Gilberto, Vertonghen, Pedrinho e, finalmente, Helton Leite.

Pois bem, é deste último, ou melhor da posição em que o mesmo atua, que nos vamos focar neste artigo. Atualmente o Benfica tem quatro opções para a baliza no seu plantel, no entanto, a posição de guarda-redes é, provavelmente, a que menos é rodada a temporada toda.

Anúncio Publicitário

Na equipa principal estão o titular Odysseas Vlachodimos, Helton Leite, Mile Svilar e, para acrescentar a esta lista, Leo Kokubo, guardião da equipa de sub-23 das águias, tem estado em grande plano.

Assim, são quatro as opções de Jorge Jesus para uma posição em que apenas três terão permanência, pelo menos é o expectado. Pois bem, se ninguém gosta de ser terceira opção, não deixa de ser verdade que há uma luta entre dois destes guardiões pela última vaga terceiro guarda-redes.

Creio que em circunstâncias normais, Vlachodimos manterá a sua titularidade assegurada e com a chegada de Helton Leite, este deverá ser a segunda opção, no entanto fica a dúvida de quem ocupará a terceira vaga no plantel encarnado.

Fonte: SL Benfica

Svilar já teve a sua oportunidade na equipa principal, mas alguns erros da sua parte acabaram por danificar a sua imagem perante os adeptos, que não o consideram um guarda-redes seguro e capaz de defender as redes encarnadas. Resta ainda referir Kokubo que tem melhorado a olhos vistos, sendo até o escolhido para defender a baliza encarnada na UEFA Youth League.

Analisando as duas opções para ocupar a última vaga reservada a guarda-redes, Svilar é o mais experiente. Ainda que tenha apenas 20 anos, o guardião belga, que fez a sua formação no Anderlecht, onde até chegou a vencer a Liga e Supertaça pela equipa principal, ainda não convenceu nos seus três anos de SL Benfica.

Quanto a Leo Kokubo, o mais novo dos três atletas em discussão (19 anos), parece-me um pouco “verde” para subir à equipa A dos encarnados. Ainda que venha a melhorar significativamente, penso que a melhor opção para Kokubo seria rodar pela equipa B e pelos sub-23 por mais uma temporada e aguardar pela sua oportunidade no plantel principal para não arriscar sair com a sua imagem prejudicada como aconteceu com Svilar.

Assim, julgo que Mile Svilar deverá ser o terceiro guarda-redes do conjunto de Jorge Jesus e que Kokubo será o preterido desta lista, devendo ficar à espreita de um lugar no plantel. Será no seu quarto ano de Sport Lisboa e Benfica que Svilar convence os adeptos da sua aptidão? Ou será “apenas” o terceiro guarda-redes que ninguém espera nada?

Julgo que saberemos no decorrer da temporada.

Anúncio Publicitário