cabeçalho benfica

Parece que todos os rumores que se vinham ouvindo ao longo destes dias ganharam forma e que a saída de JJ do Benfica para rumar a Alvalade é um dado adquirido. Depois de seis anos na Luz, onde conquistou três Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal, uma Supertaça Cândido de Oliveira e cinco Taças da liga, o treinador, proveniente da Amadora, vai abraçar um novo projecto ao lado de Bruno de Carvalho.

Técnico carismático e com um carácter forte. Adorado pela maioria dos adeptos benfiquistas, é agora alvo da raiva e insatisfação dos mesmos. Trocar o Benfica pelo eterno rival, sendo JJ Sportinguista ou não, é um golpe duro para a maior parte dos adeptos encarnados. Habituado a possuir plantéis com grande qualidade, pois relembro que a passagem de JJ pelo Benfica coincidiu com a altura de maior investimento, estará Jesus preparado para abraçar este novo projecto?

Jesus já deu a entender que não é treinador de apostar na formação, ponto que ficou bem assente na sua passagem pelo Sport Lisboa e Benfica onde apenas fez transitar da formação para a equipa principal André Gomes, Ivan Cavaleiro, Oblak (este chegou ao Benfica ainda sem ser sénior, passando ainda pela formação do clube encarnado) e Gonçalo Guedes, jogador a quem deu alguns minutos esta época, deixando sair do Benfica jogadores que possuíam rótulo de craques como, por exemplo, Bernardo Silva.

Visto que a estrutura do Sporting aposta na formação como forma de se “reforçar” todos os anos, aceitará Jesus começar a olhar para os miúdos de outra maneira? Desta forma, Bruno de Carvalho ou JJ terão de repensar a sua maneira de trabalhar, moldando-se um ao outro porque, se isso não acontecer, o divórcio entre ambas as partes será rápido.

Com uma vontade imensa de colocar o emblema verde e branco na senda de títulos, Bruno de Carvalho transforma Jesus no treinador mais bem pago de Portugal, o que na minha opinião é uma aposta de risco. Se por um lado Vieira já o havia feito, pois manteve Jesus na época em que o Benfica perdeu todos os troféus, acabando por se revelar uma boa decisão, no Sporting creio que o mesmo não irá suceder, uma vez que o leque de jogadores que JJ terá ao seu dispor em nada se compara aos que o mesmo possuía do Benfica. Falo de jogadores como Garay, Siquera, Matic, Enzo Pérez, Oblak e Rodrigo.

Rui Vitória desenvolveu um grande trabalho no Vitória Fonte: Facebook V. Guimarães
Rui Vitória desenvolveu um grande trabalho no Vitória
Fonte: Facebook V. Guimarães

O substituto de JJ no Sport Lisboa e Benfica também já foi confirmado. Depois de a maior parte dos benfiquistas ter expressado o seu favoritismo em relação a Marco Silva, o técnico escolhido acabou mesmo por ser Rui Vitória, treinador do Vitória de Guimarães, clube que orientou quatro épocas. Com 45 anos, o técnico, que já orientou os juniores do emblema da Luz durante duas épocas, chega ao ponto mais alto da sua carreira ao assinar pelos encarnados.

O trabalho que o mesmo desenvolveu no Vitória foi notável, conseguindo consolidar o emblema de Guimarães como uma das melhores formações deste campeonato, clube que conquistou uma Taça de Portugal contra o Benfica na época de 2013/14 e que, acima de tudo, pratica um bom futebol. Como todos sabemos, Rui Vitória gosta de apostar na formação e de ter equipas jovens, coisa que Vieira vinha há muito pedindo a Jesus e que este acabava por não cumprir. Com esta contratação, Vieira cumpre dois dos seus grandes objectivos. Em primeiro lugar reduz a carga salarial acentuadamente e em segundo lugar pode começar a colher os frutos “made in” Seixal.

Por outro lado, Bruno de Carvalho dá uma prova de poder, conseguindo “roubar” ao eterno rival o melhor treinador a trabalhar em Portugal neste momento, oferecendo ao mesmo um salário que ronda os seis milhões de euros por ano, coisa que num passado recente se pensava ser impossível de realizar no Sporting. Mas acima de tudo, para se ganhar títulos, um bom treinador não chega, e nesse aspecto penso que o Benfica é superior pois possui uma estrutura mais coesa e forte que o Sporting, o que na minha opinião vai ser fundamental para seguir na senda dos títulos e de boas campanhas Europeias.

Resta-nos saber se Jesus continuará a ser o grande treinador que foi no Benfica, ou se será uma aposta furada que Bruno de Carvalho tentará rechaçar do emblema leonino a toda a força, como fez com Marco Silva.

Comentários