Não foram raras as vezes que Bruno Lage mencionou a importância do treino nas suas conferências de imprensa e flash interviews e parece que agora conseguimos começar a perceber o porquê desta obsessão do treinador encarnado.

Depois da eliminação da Liga Europa, o Sport Lisboa e Benfica ficou com o calendário limpo, jogando apenas para a Primeira Liga até ao final da temporada. Faltavam, então, cinco jogos para terminar a época encarnada.

Enquanto o SL Benfica andava a jogar de três em três dias, o cansaço acumulado parecia começar a pesar nas pernas dos jogadores, mesmo com todas as rotações de equipa por parte de Lage entre as competições. Não só as exibições estavam a ser mais fracas devido à falta de descanso, como também obrigava a uma maior rotatividade para que os jogadores pudessem descansar para a partida seguinte, o que tornava o jogo encarnado mais instável, com várias mudanças e substituições a meio das partidas a pensar no descanso para o próximo desafio.

Toda esta estratégia a pensar na exaustão dos jogadores com certeza que teve peso na forma como eram abordadas as partidas que não fossem para o campeonato, a grande prioridade do SL Benfica esta temporada. Deste modo, viu-se que a Liga Europa era ‘a outra’ competição, que estava a cansar os jogadores e que o peso desses jogos de alta performance poderia levar a que o principal objetivo caísse por terra.

Agora com o foco total na Primeira Liga, vemos que a equipa está mais fresca, mais estável e que os onze jogadores titulares começam a ser mais comuns do que outrora eram. Esta estabilidade é importante para ter sucesso nas partidas e só com descanso é que isso foi possível.

O SL Benfica foi eliminado nos quartos de final da Liga Europa, contra o Eintracht Frankfurt FAG
Fonte: SL Benfica

Não é que seja impossível participar e vencer várias competições na mesma temporada, até porque o SL Benfica já o fez durante várias épocas consecutivamente, contando até com finais da Liga Europa em algumas delas. No entanto, tendo em conta que ao leme da equipa está um treinador a jogar com jogadores selecionados, essencialmente, pelo antigo timoneiro, a fazer uma época preparada por outro e a fazer o máximo com aquilo que tem, é compreensível que o descanso seja tão importante, muito mais nesta fase decisiva.

Numa temporada preparada por Bruno Lage, do início ao fim, a participação e ambição de vencer as várias competições poderá ser vista de antemão e preparada em conformidade. A frescura da equipa para a reta final da Primeira Liga foi benéfica, embora não seja fácil perdoar a queda nas meias finais da Taça de Portugal e da Liga Europa.

Saudações Benfiquistas!

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários