Depois de uma sucessão de eventos que indiciam alguma maquinação por parte do líder encarnado, já é visível, a todos, que para haver uma investigação com esta cadência e profundidade é porque, naturalmente, algo não foi legal no meio disto tudo.

O Presidente do SL Benfica foi constituído arguido pela Procuradoria-Geral da República no que diz respeito à “Operação Lex” – uma investigação cujo mote é caçar as falcatruas de Rui Rangel, LFV, Fernando Tavares, Fátima Galante e outros 8 arguidos. A juntar a isto ainda está a correr a polémica do favorecimento de interesses de outrem pelas mãos do Presidente do Benfica, que ao fazer uso do seu poder no clube encarnado, estaria apto a usar esse direito para fins que não são uma mais valia para o nosso clube – é essa a polémica.

Para bem do clube da Luz, é necessário o LFV abstrair-se das acusações e não misturar assuntos
Fonte: SL Benfica

Juntam-se a estas situações outras igualmente intrigantes, e o mais interessante é que o futebol vai passando para segundo plano na cabeça de um Presidente que tem todo um mundo para se preocupar. Por muito que se diga que o dirigente do clube da luz é um poço de trabalho e dedicação, das duas uma: ou está a ser alvo de um grave atentado à sua dignidade ou esse poço de trabalho árduo não é mais do que um esforço gradual e anual para meter uns “quantos” milhões ao bolso.

Inocente até provem o contrário! Mas até lá, como adepto, gostava que o meu Presidente tentasse, ao máximo, abstrair-se das acusações, dos bate bocas e das tentativas de intimidação por parte de capangas à porta de recintos desportivos.

Os interesses de uma empresa com a dimensão do Benfica têm de falar mais alto. Um líder de uma organização que não é só uma empresa, é também uma sociedade composta por milhões de adeptos fervorosos espalhados pelo mundo, não pode expor-se desta forma.

Se alguém andou a usar o emblema que tem ao peito para fazer uso desse mesmo emblema com uma finalidade pessoal, essa pessoa deve e tem de ser punida devidamente.

Foto de Capa: SL Benfica

 

Comentários