sl benfica cabeçalho 1A saída do Mitroglou do Benfica deixou qualquer benfiquista com a pulga atrás da orelha. O grego era uma peça fundamental na equipa, como aliás foi claro na época passada, com 27 golos em 43 jogos e na anterior, com 25 golos em 45 jogos. Devemos-lhe o tri e o tetracampeonato, é o nosso Mitrogolo, porque é que o deixaram sair?

Acredito que esta questão não tenha só passado pela minha cabeça, aposto que a maioria dos adeptos ainda se questionam. O camisola 11 sempre foi titular indiscutível, pela sua competência, e avançados que marcam cerca de 30 golos por época não abundam no mercado, muito menos neste mercado selvagem e desmedido, em que jogadores são transacionados por valores altíssimos e os quais o Benfica não pode praticar. Mas, mais estranho ainda, é o Benfica vendê-lo por 15 milhões (bem sei que saiu agora a notícia que o clube da Luz pode vir a receber mais 12,5 milhões), isto, para a maioria dos adeptos, é demasiado barato e para mim também. O que me leva a colocar a seguinte questão: será que os valores se devem à necessidade do Benfica vender o Mitroglou devido à entrada de Seferovic ou foi por vontade do próprio jogador?

Acredito que se tratou de um misto das duas coisas pois, se as noticias vindas a público são verídicas, o Benfica recebeu uma proposta de 45 milhões pelo jogador, em Janeiro, e acabou por não aceitar, o que do ponto de vista desportivo  até considerei que foi uma boa decisão, já que ajudou em muito à conquista do tetra, mas a nível financeiro foi uma má decisão, pois perderam-se ali cerca de 30 milhões, em 8 meses. Já relativamente ao Marselha, ao que tudo indica, a proposta foi de 3 milhões limpos por época, o dobro do que recebia no Benfica, e Mitroglou, com 29 anos, viu aqui o seu grande contrato para finalizar a carreira, assinando por 4 anos. E a verdade é que o início de época do Seferovic, com uma média de um golo por jogo, deve ter levado, tanto o Benfica como o Mitroglou, a considerar que havia aqui uma janela para acordo entre ambas as partes. Por isso, creio que a chegada do matador do momento, Seferovic, e proposta do Marselha, tenham feito com que o negócio acontecesse.

Fonte: SL Benfica
Fonte: SL Benfica

Do ponto de vista desportivo, os encarnados perdem um avançado muito eficaz, um verdadeiro matador, que muitas vezes sem se dar por ele durante 90 minutos, acabava quase sempre por tirar o seu coelho da cartola, estava também completamente integrado no grupo e em plena sintonia com o rei Jonas. Foi muito bom enquanto durou.

Posto isto, só espero que o início do Seferovic não seja só sorte de principiante e exista mesmo qualidade, para que daqui a 9 meses não tenhamos saudades do grego. Como benfiquista, um enorme obrigado ao Kostas Mitroglou pelo seu notável desempenho nos dois anos em que representou o Benfica e espero que a sua saída seja tão discreta como a passagem pelo clube. Será sempre um de nós!

Anúncio Publicitário

 

Foto de Capa: SL Benfica

Artigo revisto por: Beatriz Silva