cabeçalho benfica

Depois de uma série de cinco vitórias seguidas no campeonato, na terça-feira passada o SL Benfica voltou a escorregar. Numa altura em que parecia que o Benfica estava a consolidar esta nova ideia de jogo, a equipa orientada por Rui Vitória falhou num jogo onde era proibido falhar. Com este empate, o Benfica complica bastante a sua tarefa na corrida pelo 35.º título de campeão nacional.

É imperdoável, numa altura em que se aproxima o clássico Sporting-Porto e onde poderíamos diminuir alguma distância para os nossos rivais, que a equipa encarnada falhe desta forma. Contra o União da Madeira, equipa que nos últimos dois jogos do campeonato tinha sofrido, nada mais, nada menos, do que 10 golos, o Benfica mostrou uma displicência tal que foi incapaz de marcar um golo. Não se viu em campo um Benfica com atitude, com garra. Além da falta de atitude de alguns jogadores, principalmente na primeira parte, juntou-se a forma errada como, na minha opinião, Rui Vitória preparou este jogo.

Num jogo como este, ou seja, contra uma equipa que se fecha bastante, defendendo com todos os seus jogadores atrás da linha da bola, é imperioso ter sempre linhas de passe para desequilibrar, é imperioso ter mais gente na frente. Como é possível o Benfica ter jogado os 90 minutos com quatro defesas? Para quê? Não seria suficiente ter jogado com dois laterais e apenas um central?

Após a exibição e o resultado conseguidos em Setúbal, esperava-se mais do jogo na Madeira Fonte: SL Benfica
Após a exibição e o resultado conseguidos em Setúbal, esperava-se mais do jogo na Madeira
Fonte: SL Benfica

Rui Vitória assim não o entendeu. Para além de termos visto um Mitroglou bastante desamparado, vimos novamente um meio campo a trabalhar mal. Deu para perceber durante o jogo que havia jogadores mal posicionados e, acima de tudo, houve diversas vezes em que partes do meio campo não estavam povoadas, o que dificulta a tarefa da equipa no momento de construção de jogo.

Depois deste desaire, os adeptos começam a perder a paciência, e as críticas começam a subir de tom. Como benfiquista, custa-me sempre ver a minha equipa perder pontos, mas consigo digerir melhor essas situações quando percebo que os jogadores tentaram de tudo para que isso não acontecesse, coisa que eu não vi contra o União da Madeira. No domingo, o Benfica joga contra uma boa equipa. O Rio Ave já provou que é uma equipa de qualidade e que tudo vai fazer para dificultar a vida ao Sport Lisboa e Benfica. Assim sendo, espero um Benfica empenhado em conquistar os três pontos e, acima de tudo, espero ver um Benfica com atitude.

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários