Os últimos jogos do SL Benfica no Estádio da Luz para a Primeira Liga Portuguesa têm sido um pesadelo para os visitantes. Iniciando a contagem a 23 de dezembro do ano passado, quando o Benfica e o SC Braga jogaram a 14.ª jornada no reduto das águias, os encarnados deram aos seus adeptos um autêntico festival de golos. Venceram por 6-2 a equipa orientada por Abel Ferreira e isso deu início a uma sequência de goleadas em casa para o campeonato.

Esta foi a última partida na Luz do antigo treinador Rui Vitória, pelo que as restantes já foram levadas a cabo por Bruno Lage, começando logo na sua estreia pela equipa, contra o Rio Ave FC. Os encarnados ainda começaram a perder por 0-2, mas viraram para vencer por 4-2. Seguiram-se as goleadas ao Boavista FC, por 5-1, os épicos 10-0 ao CD Nacional e os 4-0 da última jornada, contra o GD Chaves.

São ao todo cinco goleadas consecutivas, no Estádio da Luz. Não só são goleadas, como também foram jogos em que os encarnados sofreram apenas cinco golos. O único jogo em que não foram realmente superiores durante toda a partida foi contra o Rio Ave, porque os restantes foram claramente de sentido único.

Isto demonstra o crescimento dos encarnados, que passaram a mandar na própria casa, numa temporada em que viram o Moreirense FC vencer na Luz, nos inícios de novembro, e onde não conseguiam convencer os adeptos, que exigiam um maior brio por parte do plantel.

São cinco goleadas consecutivas na Luz, para a Primeira Liga
Fonte: SL Benfica
Anúncio Publicitário

As partidas, antes extremamente sofridas, passaram a ser incrivelmente controladas. A segurança transmitida pelos jogadores em campo parece demonstrar que raramente perdem a atenção e o controlo do jogo. Além disso, frisam a clara superioridade entre os plantéis e demonstram isso mesmo no formato de golos.

O jogo é todo encarnado e é mesmo assim que devia ser. No Estádio da Luz, principalmente, o Benfica tem de demonstrar que tem sempre o jogo na mão e fazer exibições semelhantes às que aqui comento, mantendo o reduto como um autêntico inferno para os visitantes.

Um clube como o Benfica, que tem orçamentos incrivelmente superiores à vasta maioria dos participantes da Primeira Liga, a jogar num estádio perante mais de 50 mil adeptos a gritar pelos seus jogadores, com todas as condições que tem, nunca poderá dar-se ao luxo de perder pontos na própria casa. Nestas últimas partidas, não só isso se tem demonstrado, como também se tem visto que o Benfica é dono e senhor do futebol jogado na Luz.

E assim terá de continuar.

Saudações Benfiquistas!

Artigo corrigido por: Mariana Coelho

Foto de Capa: SL Benfica

Comentários