Depois do empate com sabor a derrota da equipa principal masculina do Sport Lisboa e Benfica (2-2 em Chaves, com golo da equipa da casa ao cair do pano), os encarnados perderam a liderança da Primeira Liga. No entanto, em todos os outros escalões das águias, o Benfica é líder das respetivas ligas, incluindo no escalão do futebol feminino que se estreou esta temporada na Segunda Divisão Portuguesa. Desta vez, iremos dar destaque a esta última.

O Benfica Feminino joga na Série D da Segunda Divisão Feminina e lidera com classe: dois jogos, duas vitórias, seis pontos, quarenta e sete golos marcados, zero sofridos. Um registo notável das encarnadas.

A estreia foi contra o Ponte Frielas, de Loures, que acabou 28-0. Na segunda jornada, frente a ‘Os Vidreiros, da Marinha Grande, o resultado foi mais curto, mas do mesmo modo surpreendente: 0-19 para as benfiquistas!

É inacreditável os números que se têm visto nos jogos do Benfica Feminino, que “passeia” pelo primeiro lugar da tabela classificativa. Apesar de só terem sido jogados dois jogos, é claramente pertinente frisar os bons resultados da equipa, assim como avolumar a superioridade que a equipa encarnada tem demonstrado face às oposições.

Mas quem são estas raparigas que tanto jogam? De onde vieram e quem é que as comanda?

A equipa feminina do Benfica conta com 47 golos em dois jogos
Fonte: SL Benfica

O timoneiro é João Marques, de 42 anos, que foi contratado ao SC Braga Feminino. No currículo tem a Euro Winners Cup 2017 – a Liga dos Campeões do Futebol de Praia -, vencida ao leme do SC Braga de Futebol de Praia, e três Campeonatos Nacionais de Futebol de Praia da Divisão de Elite.

No entanto, não foi esta a única contratação vinda do Minho: Adriana Gomes, Pauleta, Sílvia Rebelo e Inês Queiroga também vieram do SC Braga reforçar a estreante equipa encarnada. Além das Bracarenses, destaca-se também Carolina Vilão do Sporting CP no que toca a contratações a rivais históricos. A completar o plantel, temos mais sete portuguesas, sete brasileiras e uma cabo Verdiana. Pauleta é a única espanhola do plantel.

Com uma média de idades de 24 anos, João Marques e as suas águias (no feminino) vão em busca dos primeiros troféus deste escalão do futebol encarnado. A próxima jornada da Segunda Divisão joga-se no dia 14 de outubro, no Estádio da Tapadinha (casa do Benfica Feminino), contra o Sintrense. A primeira eliminatória da Taça de Portugal – competição que a equipa também ambiciona em vencer – só começa a 1 de novembro, frente o Palmelense, em Palmela.

Que as nossa gloriosas tragam mais conquistas a este enorme clube.

Foto de Capa: SL Benfica

 

Comentários