sl benfica cabeçalho 1

Pode ser tudo ou pode não ser nada. O Clássico que abre o novo ano civil vai ser muito importante para se tirar conclusões na equipa técnica encarnada. Ou talvez adie esse momento.

O ano de 2018 começa desde logo com um clássico que ninguém quer perder. O Sporting não quer permitir que o rival FC Porto se isole na liderança e o Benfica quer continuar na corrida ao título. Por já estar eliminado de todas as competições, este clássico pode marcar o inicio da reviravolta encarnada bem como assumir extrema importância quanto à continuidade do técnico Rui Vitória.  É por isso vital que o técnico encarnado escolha a formação tática que melhor se ajusta às características do plantel.

Caso a opção seja a que tem sido nos últimos jogos, o 4x3x3, o Benfica ganha mais força nas linhas de construção, bem como terá mais jogadores em momentos defensivos. O facto de jogar com linhas mais próximas tem tanto de bom como de mau, uma vez que perde profundidade e, neste caso, uma maior presença na zona defensiva contrária. A aposta no uso de três médios revelar-se-á algo cautelosa por parte do Benfica, numa tentativa de jogar de forma segura e com passes curtos.

Anúncio Publicitário
Desde que chegou ao Benfica, e em jogos disputados para o campeonato no Estádio da Luz, o técnico encarnado perdeu um jogo e ganhou o outro contra o rival na 2ª circular Fonte: SL Benfica
Desde que chegou ao Benfica, e em jogos disputados para o campeonato no Estádio da Luz, o técnico encarnado perdeu um jogo e ganhou o outro contra o rival na 2ª circular
Fonte: SL Benfica

De outra forma, e nitidamente mais corajosa para aquilo que tem sido os jogos da equipa e face à qualidade do adversário, a aposta no 4x4x2 terá certamente mais riscos. Desde logo porque vai obrigar a que os extremos tenham uma maior disponibilidade física e uma maior preocupação em ajudar os jogadores do meio campo. No entanto, à partida, será uma equipa mais perigosa. Com dois extremos e dois jogadores perto da baliza contrária, Rui Patrício – que será certamente o titular – vai ter mais trabalho na baliza leonina

Uma vez que o Sporting está a atravessar uma fase de bons resultados e que o Benfica ainda não tem um estilo de jogo próprio afirmado, será prudente da parte de Rui Vitória iniciar a partida com o 4x3x3. No desenrolar do jogo, apercebendo-se dos pontos fracos da equipa de Jorge Jesus e daquilo que é o resultado e o tempo de jogo, é que deve alterar a disposição no campo para tentar ganhar o jogo.

Não vai ser tarefa fácil e para Rui Vitória poderá ser o inicio de alguma coisa. Ou de mais uma conquista pelos encarnados ou de um caminho que está prestes a chegar ao seu fim. Um empate adiará uma de ambas.

Foto de Capa: SL Benfica