3.

Fonte: SL Benfica

Mário Coluna – É o “Monstro Sagrado” do SL Benfica e isso, por si só, já explica a razão de estar nesta lista. Dono e senhor do meio campo encarnado entre as épocas de 1954 e 1970, Mário Coluna é um dos ídolos encarnados. Marcou nas duas gloriosas finais europeias, frente ao FC Barcelona e ao Real Madrid CF. Sem precisar da braçadeira de capitão, era líder dentro do balneário. Coluna era duro de roer dentro das quatro linhas e tinha a voz de comando imperial no terreno de jogo. Pelo Benfica, disputou 525 jogos e fez balançar as redes adversárias por 127 vezes.