sl benfica cabeçalho 1

É com agrado que vejo o Benfica de boa saúde, mas em todo o corpo saudável há uma suspeita de doença ou um sintoma que levante suspeitas. No caso dos encarnados é um problema extremo e que fica do lado direito: temos extremos para dar e vender. Salvio, Pizzi, Carcela e Gonçalo Guedes. Estes são os nomes dos jogadores que formam a asa direita do Benfica, uma asa claramente sobrelotada, uma vez que só tem um lugar e que ainda falta chegar Carrillo. E agora? Tanto pedimos Salvio que ele finalmente voltou (ainda longe de ser o nosso Salvio, como era de esperar), mas na pior altura. No momento da época em que se descobriu que o Pizzi nunca seria um 8 na sua vida e que o seu lugar era a extremo-direito. E que muito que me tem surpreendido!

Este não podia ter sido o momento mais inoportuno para Pizzi ter explodido. Gonçalo Guedes estava a crescer e a melhorar de jogo para jogo e agora ‘puf’, não sai do banco. Salvio regressou completamente tapado e Carcela não consegue ser sólido e influente o suficiente para tirar o lugar a Pizzi.

Anúncio Publicitário
Rui Vitória terá, certamente, um bela dor de cabeça com a quantidade e qualidade dos extremos à sua disposição; Fonte: #SLBenfica
Rui Vitória terá uma bela dor de cabeça com a quantidade e qualidade dos extremos à sua disposição;
Fonte: #SLBenfica

Com toda a razão que vocês, meus caros leitores, poderão argumentar que quaisquer uns dos nomes acima enunciados poderão ser adaptados à asa esquerda. E podem, com toda a certeza, mas não seria, de longe, a mesma coisa. Salvio é um extremo colado à linha e bom no cruzamento, colocá-lo na esquerda seria um desperdício tremendo. Perder-se-ia qualidade de cruzamento e o seu remate a longa distância não é bom o suficiente para se lhe exigir um papel de extremo que joga a entrar na área e a rematar forte. Com Carcela sucede exactamente o contrário. Perder-se-ia o seu poder de explosão que lhe permite fintar dois ou três adversários e aparecercer solto à entrada da área para rematar. Com Gonçalo Guedes não consigo arranjar tão boa explicação. De todos talvez seja o que menos perde quando é colocado na outra extremidade do campo, mas ainda assim não é o mesmo.

Sendo assim, o que vamos fazer com tanto extremo? Irá algum destes ser aliciado pelos milhões da China? Será Gonçalo Guedes o primeiro a deixar a fornada de Rui Vitória para um grande da Europa? Não sei. Só sei que para o ano chega Carrillo e passamos a cinco extremos-direitos. Pior: cinco grandes extremos-direitos e só com lugar para um. Porquê Pizzi? Porquê só agora? Viraste as contas todas ao Rui Vitória, sentaste craques e jovens promessas. Porquê, Pizzi? Porquê só agora?

 

Foto de Capa: Sport Lisboa e Benfica