O EMBATE DO TÍTULO EM FEVEREIRO

O FC Porto recebe esta noite o SL Benfica, no Estádio do Dragão, para disputar o jogo número 243 entre azuis e brancos encarnados. Numa altura em que o SL Benfica se encontra na primeira posição da Primeira Liga com sete pontos de diferença do FC Porto (segundo classificado), o maior clássico de Portugal torna-se num jogo decisivo para as contas finais. Caso o FC Porto vença, aproxima-se do seu rival e mantém o sonho de vencer a edição 2019/2020 da Primeira Liga. No entanto, o SL Benfica quer voltar a Lisboa com os três pontos na bagagem e com uma maior segurança no primeiro lugar.

APOSTA JÁ NO JOGO QUE DECIDE O TÍTULO! O FC PORTO RECEBE O SL BENFICA, POR ISSO NÃO FIQUES DE FORA E APOSTA JÁ NA BET.PT

Na primeira volta do campeonato, o FC Porto conseguiu vencer no Estádio da Luz por 2-0. Contudo, na jornada 20 encontramos duas equipas bem diferentes daquelas que se defrontaram na terceira jornada. Carlos Vinicius progrediu na sua forma e agarrou o lugar na frente de ataque, levando já 17 golos em 28 jogos. De igual forma, Adel Taarabt tem melhorado de jogo para jogo e é agora um elemento preponderante no meio campo da equipa de Bruno Lage. Nuno Tavares, que parecera ser a “next big thing” do SL Benfica, perdeu muito espaço na equipa, e Raúl de Tomás já abandonara o clube neste último mercado de transferências, depois de não ter conseguido mostrar o seu valor.

O FC Porto, pelo que parece, ainda não encontrou os elementos-chave da sua equipa, muito pela rotatividade imposta por Sérgio Conceição. Desde o clássico da primeira volta, Tiquinho Soares tornou-se o melhor marcador da equipa com 16 golos na sua conta pessoal, Corona é o rei das assistências do FC Porto e Nakajima ganhou alguma relevância no onze inicial. Sérgio Oliveira ganhara algum terreno nos últimos jogos, devendo o mesmo ser titular no jogo de hoje.

COMO JOGARÁ O FC PORTO?

A grande questão nas escolhas de Sérgio Conceição certamente que estarão no centro do terreno. Danilo Pereira tem estado de fora por lesão e, inclusivamente, fez treino condicionado durante esta semana. Sérgio Oliveira foi chamado para substituir o capitão do FC Porto nos últimos jogos e a sua titularidade pode manter-se frente ao SL Benfica, caso Danilo não esteja ainda apto. Assim sendo, o esquema tático torna-se no 4-3-3, com Sérgio Oliveira, Uribe e Otávio a serem os patrões do meio campo. Otávio deverá ser responsável pelo lado ofensivo do meio campo portista, caindo para as laterais quando necessário. Marega, Soares e Corona serão os homens do ataque, sendo que Marega jogará mais pelo interior do ataque. Na defesa, Mbemba e Marcano serão o par escolhido para o centro e as laterais pertencerão a Manafá. Marchesín deverá manter a titularidade habitual que tem nos jogos do campeonato.

JOGADOR A TER EM CONTA

Ainda não há 100% de certezas se o mexicano vai ser lateral ou avançado no clássico
Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

Jesús Corona  – Atualmente, é o melhor jogador do FC Porto e estará nos três melhores da Primeira Liga. O mexicano tem cumprido com muita qualidade todas as tarefas que lhe são dadas, seja a defender, a atacar, a marcar golos e/ou a assisti-los. No total, conta com dois golos e treze assistências em todas as competições, mas a sua influência no FC Porto de 2019/2020 é muito maior que os próprios números. Quando joga a lateral direito é capaz de defender eximiamente e atacar da mesma forma. No ataque, provoca maldades a muitos defesas e é capaz de criar vários lances de perigo durante uma partida. Pode ser um dos destaques do clássico de mais logo.

XI PROVÁVEL

4-3-3 – Marchesín, Manafá, Mbemba, Marcano, Alex Telles, Otávio, Uribe, Sérgio Oliveira, Corona, Soares e Marega

COMO JOGARÁ O SL BENFICA?

O regresso de Rafa Silva tem tido um impacto gigante no SL Benfica. Rafa dá outra velocidade ao ataque do SL Benfica e, jogando como segundo avançado, um pouco atrás de Vinícius, pode causar muitos estragos ao FC Porto como já fez na época passada. Face à ausência de Gabriel, Taraabt e Weigl farão dupla no meio campo, acompanhados por Pizzi e Franco Cervi nas faixas. Rúben Dias e Ferro, dois jogadores “made in” SL Benfica, serão os titulares da defesa, como tem acontecido desde a época passada. André Almeida, um dos mais experientes do SL Benfica, será o homem do lado direito da defesa e Grimaldo estará no lado esquerdo. Vlachodimos manter-se-à entre os postes da baliza pertencente ao SL Benfica. Sendo assim, o SL Benfica jogará num sistema tático de 4-4-2, com Rafa como segundo avançado, fazendo muitas vezes a ligação entre meio campo e ataque.

JOGADOR A TER EM CONTA

Nos últimos cinco jogos do SL Benfica já soma quatro golos e uma assistência
Fonte: Carlos Silva/Bola na Rede 

Rafa Silva  – Caso a seta do SL Benfica esteja nos seus dias, a defesa do FC Porto vai sentir muitas dificuldades para pará-lo. Rafa Silva já sabe o que é marcar num clássico em pleno Estádio do Dragão e é certo e sabido que o português vai querer repetir a proeza. Apesar de ter regressado há pouco de uma lesão, tendo sido a segunda vez durante esta época em que se lesiona, já alcançou a marca dos 17 jogos, tendo feito oito golos e cinco assistências. É um jogador a ter em conta neste clássico e nos próximos jogos do campeonato, uma vez que o seu rendimento tenderá a subir.

XI PROVÁVEL

4-4-2 – Vlachodimos, André Almeida, Rúben Dias, Ferro, Grimaldo, Pizzi, Taarabt, Weigl, Cervi, Vinícius e Rafa Silva

Foto de Capa: Carlos Silva / Bola na Rede

Artigo revisto por Joana Mendes

Comentários