Ramos na linha da frente!

    Benfica

    O Sport Lisboa e Benfica está bem e recomenda-se. O entrosamento entre a equipa de Roger Schmidt é inegável, os resultados comprovam isso mesmo. São já 13 jogos na atual temporada e um total de 13 vitórias consecutivas.

    Cada jogador parece perceber na perfeição o seu papel dentro da equipa e isso tem-se feito notar em campo. O ataque encarnado tem estado infernal e conta já com 35 golos apontados e todos os jogadores da “linha da frente” têm contribuído para isso mesmo. Ainda assim, é de destacar um jogador em particular: Gonçalo Ramos.

    Na frente de ataque, Gonçalo Ramos tem sido dono e senhor e tem, até ao momento, 12 jogos disputados, tendo apontado oito golos e cinco assistências. De notar que foi titular em 12 dos 13 jogos já disputados pelas águias nesta temporada e apenas por um jogo ficou de fora da convocatória e isso deveu-se não a opção do treinador, mas pela polémica expulsão frente ao FC Famalicão nos minutos finais do encontro.

    De resto, Gonçalo Ramos não tem dado muita hipótese à concorrência, ou melhor, aos seus colegas de equipa, até porque está a render à equipa. Com isto, Henrique Araújo e Rodrigo Pinho perderam um pouco de espaço no plantel principal e têm sido opções regulares na equipa secundária dos encarnados, ainda que sejam chamados e continuem a trabalhar com o plantel principal.

    Por sua vez, Petar Musa tem sido a escolha habitual para render Ramos ou até para fazer dupla com este na frente de ataque de forma ocasional. O ex-Boavista tem-se mostrado a um bom nível e embora ainda não se tenha estreado a marcar em jogos oficiais nesta temporada, tem sido importante quando está em campo.

    Musa é um jogador que admiro, ou melhor, aprendi a admirar. Duvidei aquando da contratação deste avançado croata, mas analisando melhor o jogador, pude perceber que não se limita a marcar golos. O trabalho que faz de costas para a baliza é de facto impressionante e até já lhe rendeu uma assistência para golo nesta temporada. Continuando a trabalhar, creio que terá mais minutos de jogo e eventualmente o golo acabará por aparecer.

    Com uma envergadura verdadeiramente impressionante (190cm), Musa é forte no jogo aéreo, sendo um avançado com faro de golo, rápido e com bom toque de bola. Ainda não está preparado para ser a referência do jogo ofensivo encarnado, até porque está lá Gonçalo Ramos, mas é, sem qualquer tipo de dúvida, uma peça importante para certos jogos.

    O mês de outubro vai ser bastante preenchido e com jogos bastante complicados, sendo que o futuro nas competições europeias também se decide nesse mês. É importante aproveitar a pausa para seleções, pois a equipa tem uma oportunidade de treinar, melhorar e voltar com o mesmo ritmo demonstrado neste início de temporada. Claro que alguns jogadores foram chamados às respetivas seleções nacionais, mas para aqueles que ficaram, é trabalhar ainda mais.

    - Advertisement -

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Bruno Rocha
    Bruno Rochahttp://www.bolanarede.pt
    Licenciado em Ciências da Comunicação, é no jornalismo desportivo que o Bruno encontra a sua razão de viver. A paixão pelo futebol foi-lhe incutida desde cedo, tendo até tido passagens pelas escolas de formação do Sport Lisboa e Benfica. O desporto sempre fez parte do seu quotidiano e agora, fora de campo, segue atentamente a atualidade desportiva, nacional e internacional.