spot_imgspot_img

    Schjeledrup, Tengsted e Guedes: o que esperar dos reforços do SL Benfica?

    Benfica

    A participação ativa do SL Benfica nas três competições onde se encontra requer uma elevada profundidade de qualidade no plantel, algo que não se verificava em todos os setores do mesmo até ao momento.

    Tendo isso em conta a direção encarnada percebeu que essas pequenas lacunas precisavam de ser resolvidas e têm vindo a aproveitar o mercado de Janeiro para resolver esse assunto.

    Posto isto, o que se pode esperar das novas contratações das águias?

    Fonte: SL Benfica

    Casper Tengsted: O avançado dinamarquês de 22 anos foi o primeiro reforço a ser anunciado, naquela que foi uma contratação relâmpago, capaz de fugir aos principais radares mediáticos.

    Casper é um avançado que se caracteriza maioritariamente pela sua polivalência ofensiva, podendo jogar em qualquer uma das posições da frente com a sua rapidez, potência, expolisividade e mobilidade dentro das quatro linhas. Esse aspeto favorece de forma muito positiva os encarnados pois à entrada para a segunda metade da época as soluções que os encarnados tinham para além dos habituais titulares não apresentavam um consistente rendimento desportivo.

    O potencial deste novo jogador traz muita curiosidade pois se for possível confirmar a sua qualidade na liga portuguesa este negócio pode-se denominar como um autêntico “achado”.

    Ao imediato é difícil que o dinamarquês aplique os mesmos impressionantes números que vinha a apresentar na liga norueguesa, mas a verdade é que Casper pode vir a exercer um papel bastante importante para a rotação no plantel até se afirmar como um titular nos encarnados.

    Fonte: SL Benrica

    Andreas Schjelderup: Com apenas 18 anos, Andreas é a nova joia do futebol norueguês e uma das maiores “promessas” do futebol internacional.

    Um jogador rápido, tecnicista e irreverentemente criativo com a bola nos pés. Para além dessas características, apresenta também uma veia goleadora enquanto extremo, algo que muitas vezes jogadores da mesma posição apresentam como uma lacuna. Demonstra um potencial enorme e o Benfica, dentro de todos os clubes que o disputaram, é a melhor equipa para permitir a sua evolução e o seu processo de desenvolvimento.

    Tal como Tengsted, à partida, não será um titular indiscutível, mas de forma progressiva o norueguês tem tudo para se afirmar e se tornar numa pura estrela dos encarnados. Estamos perante um sério caso de sucesso no futuro.

    Fonte: SL Benfica

    Gonçalo Guedes: Ao contrário de Casper e Andreas, Guedes, um fruto da formação dos encarnados, voltas às águias com o intuito de ajudar a equipa no imediato.

    Um empréstimo excelente para ambas as partes, para o jogador, que se encontrava numa situação desfavorável no Wolverhampton Wanderers FC, e para o clube que foi capaz de aproveitar esse facto para benefício próprio. Com esta contratação de peso, ainda que apenas de forma temporária, o Benfica ganha uma forte fonte de rendimento desportivo, importantíssima para elevar a qualidade do plantel e a força da equipa nas competições que disputa, tanto nacionalmente como também na Europa.

    Guedes já apresenta a experiência, a maturidade e toda a qualidade necessária para entrar na equipa e causar impacto instantâneo, algo que já começou por demonstrar na sua estreia frente ao CD Santa Clara. De Guedes, espera-se apenas e só a capacidade de trazer de volta a felicidade que já foi capaz de proporcionar no passado.

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Guilherme Terras Marques
    Guilherme Terras Marques
    Orgulhoso estudante da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, vê no futebol e na sua cultura uma paixão. É apenas mais um jovem ambicioso que sonha fazer do jornalismo desportivo a sua vida. Escreve com o novo acordo ortográfico
    0 0 votes
    Article Rating
    Subscribe
    Notify of
    guest
    0 Comentários
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Bola na Rede