O Sport Lisboa e Benfica tem desenvolvido, de há uns anos a esta parte, um trabalho fenomenal na formação de jogadores, lapidando os jovens que chegam ao Seixal. O trabalho realizado na academia tem de ser enaltecido, até porque tem providenciado vários atletas que trouxeram proveito para o a equipa principal e para o clube, quer seja a nível financeiro como em rendimento desportivo.

Citando alguns nomes de jogadores que saíram das camadas jovens para levar a marca “made in Benfica” pela Europa fora, João Félix, Cancelo, Bernardo Silva, Nélson Semedo e muitos outros, a verdade é que é de parabenizar toda a estrutura da formação dos encarnados pelo trabalho desenvolvido.

Por estes dias “mora” no Seixal mais uma pérola, mais um diamante não por lapidar, mas que está praticamente pronto para deixar a montra secundária e ser exposto na montra principal – falo de Ronaldo Camará.

Com nome de craque, Camará foi desviado do Sporting CP em 2015 e rumou ao SL Benfica para completar o resto da sua formação. O jovem jogador de 18 anos tem brilhado em todos os escalões por onde tem passado, destacando-se dos demais pela qualidade que tem com a bola nos pés.

Anúncio Publicitário

O luso-guineense pisa terrenos de jogo mais avançados, sendo um médio ofensivo com faro de golo. Mas Camará é muito mais do que golos, é muito mais do que assistências. É um génio que pensa com os pés. A sua capacidade de decisão é abismal para um jovem de 18 anos. A qualidade com que recebe a bola, sempre orientada para aquilo que pretende fazer a seguir é incrível. A visão de jogo, a capacidade de ver aquilo que nem nós em casa pela TV conseguimos observar é formidável.

Ronaldo Camará é, para mim, a joia da coroa da formação encarnada e, infelizmente, poderá abandonar o clube a custo zero.

O contrato de Ronaldo termina em junho de 2022 e após essa data passará a ser um jogador livre, o que lhe permitirá assinar com outro clube. As negociações com o atleta não parecem ter avanços e fala-se no interesse de vários “tubarões” europeus prontos para agarrar o jogador.

Os gigantes de Manchester, o City e o United, assim como o FC Barcelona perfilam-se como principais candidatos para assinar Ronaldo Camará, mas o SL Benfica ainda tem uma palavra a dizer, uma vez que o contrato do jovem jogador ainda dura mais uma temporada.

Ao que se sabe, Camará rejeitou a proposta de renovação dos encarnados, pelo que indicia uma vontade ou de querer algo mais dentro do clube – a equipa B pode começar a ficar curta para tanto talento – ou então pretende mesmo mudar de ares e viver uma nova experiência.

O que é certo é que, no caso de uma eventual saída, quem fica a perder é, certamente, o SL Benfica. De frisar que Ronaldo Camará foi eleito como o quarto melhor jogador do mundo na categoria sub-17 pelo Football Talent Scout, o que indica as qualidades do jogador lhe são reconhecidas a nível mundial.

Seria uma pena ver Ronaldo Camará abandonar o Sport Lisboa e Benfica sem sequer realizar um jogo oficial pela equipa principal. O SL Benfica poderá ter em Camará uma espécie de novo Bernardo Silva, o que seria de lamentar.

Não tenho qualquer dúvida em afirmar que Ronaldo Camará é dos melhores jogadores desta “fornada” de 2003. Aliás, é dos jogadores com mais potencial a atuar em Portugal e augura-se um futuro muito risonho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome