Taça de Portugal, Final: domingo, 20h30, 23 de maio de 2021

ANTEVISÃO: 150 JOGOS DEPOIS, EIS A PRIMEIRA

A meio caminho entre Braga e Lisboa, arsenalistas e águias encontram-se para discutirem a custódia da Taça de Portugal 20/21. Esta será a primeira vez que os dois clubes disputam entre si a final da Prova Rainha. Os minhotos procuram a terceira conquista da prova-rainha do futebol português, enquanto os lisboetas visam aumentar o rol de Taças de Portugal no seu espólio para 27 e dilatar a distância para Sporting CP e FC Porto, que, com 17 troféus, são os clubes que mais próximos estão de alcançar as águias.

É O CULMINAR DE UMA ÉPOCA DESPORTIVA MUITO EXIGENTE EM PORTUGAL! QUEM VENCERÁ? SC BRAGA OU SL BENFICA? APOSTA COM A BET.PT!

Anúncio Publicitário

A última conquista da prova pelo SC Braga deu-se em 2015/16 (50 anos após a primeira), tendo a época seguinte marcado a última conquista da prova pelo SL Benfica. De então para cá, CD Aves, Sporting CP e FC Porto foram os grandes vencedores da segunda maior e mais prestigiante prova do calendário futebolístico em Portugal. SC Braga e SL Benfica vão gladiar no Cidade de Coimbra para lhes sucederem. Quem o conseguirá?

 

10 DADOS RÁPIDOS

  1. As águias venceram 65% dos 150 confrontos diretos (98 vitórias).
  2. Nos 12 confrontos diretos para a Taça de Portugal, cinco deles terminaram com o marcador a assinalar 2-1 (em quatro dessas cinco ocasiões, o vencedor foi o SC Braga). Este é o resultado mais comum entre os clubes na Prova Rainha.
  3. Não se jogou prolongamento em nenhum dos 12 jogos anteriores entre SC Braga e SL Benfica para a Taça de Portugal.
  4. Nos últimos seis jogos entre ambos para a Prova Rainha, o vencedor foi sempre alternado (SC Braga, SL Benfica, SC Braga, etc.). O último vencedor: o SL Benfica.
  5. Na edição anterior, os arsenalistas foram eliminados por 2-1, nos oitavos-de-final, pelo SL Benfica. As águias viriam a perder a final para o FC Porto, pelo mesmo resultado.
  6. A única vez que o SL Benfica conseguiu conjugar derrotar os bracarenses e conquistar a Taça de Portugal foi em 1954/55. As águias bateram os guerreiros por 4-1 nos quartos-de-final (no primeiro embate entre ambos na prova), e acabaram a competição a levantar o troféu.
  7. A única vez que o SC Braga conseguiu conjugar derrotar as águias e conquistar a Taça de Portugal foi em 1965/66. Os guerreiros bateram o SL Benfica por 4-1, na primeira mão dos quartos-de-final, e selaram o apuramento em Lisboa, mesmo perdendo por 3-1. Os minhotos acabaram a competição a levantar o troféu.
  8. Na caminhada até à final, o SL Benfica venceu os seis jogos que fez; o SC Braga venceu cinco e empatou um (em casa, ante o FC Porto). Os minhotos apontaram 20 golos (as águias, fizeram 18) e sofreram cinco – os de Lisboa apenas concederam um (em casa do campeão da II Liga, o GD Estoril-Praia).
  9. Nos últimos doze jogos da sua época, o SC Braga apenas venceu três (antes disso, vinha de esses tantos triunfos consecutivos) – todos por 2-1 (em Faro e nas receções a Boavista FC e Moreirense FC).
  10. Nos últimos doze jogos da sua época, o SL Benfica venceu 10, empatou um (1-1, na receção ao FC Porto) e perdeu outro (1-2, na receção ao Gil Vicente FC).

 

JOGADORES A TER EM CONTA
SC Braga
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Ricardo Esgaio (SC Braga) – Partem do ala/lateral direito do SC Braga muitos dos ataques perigosos dos arsenalistas. As exibições consistentes e portentosas de Esgaio têm-lhe valido elogios e atraído pretendentes, além de serem fundamentais para o clube que representa – o português de 28 anos, inclusivamente, já fez o gosto ao pé por uma vez e soma três assistências.

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

Everton (SL Benfica) – O ala/extremo esquerdo do SL Benfica tem subido de rendimento e tem-se tornado mais decisivo do que havia sido nos dois primeiros terços da temporada. O brasileiro de 25 anos apontou quatro golos e duas assistências nos últimos sete jogos, mostrando igualmente a capacidade de desequilíbrio que se lhe conhecia no Brasil.

 

XI’S PROVÁVEIS

SC Braga: Matheus; Ricardo Esgaio, Tormena, Raúl Silva, Borja, Galeno; Fransérgio, Al Musrati, João Novais; Ricardo Horta, Abel Ruiz.

Treinador: Carlos Carvalhal

Quando o jogo começa, tudo o que está para trás, o que foi a época, a história dos clubes e o trajeto na Taça, não conta para nada, contam só aqueles 90 minutos e aí, a equipa mais equilibrada emocionalmente, mais focada e com mais qualidade, vai vencer”.

SL Benfica: Helton; Diogo Gonçalves, Otamendi, Morato, Grimaldo; Weigl, Pizzi, Rafa, Everton; Seferovic, Darwin.

Treinador: Jorge Jesus

Todos esperamos um jogo com qualidade, porque são duas boas equipas, que, quando têm bola, tentam fazer golo. São equipas com muita criatividade técnica e tática, e isso dá-nos indicadores de que pode ser um bom jogo. Pena é não ter público”.

 

PREVISÃO DE RESULTADO: SC Braga 2-3 (a.p.) SL Benfica

 

Artigo revisto por Joana Mendes

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome