Com 26 anos, nascido em Sursee, na Suíça, Haris Seferovic é hoje um dos jogadores que integra a equipa principal do SL Benfica. Desde criança que percorre a Europa a defender vários clubes, mas, para já, a estadia continuará a ser em Portugal.

O jogador de ascendência bósnia formou-se no Lucerna, clube do seu país natal onde jogou durante duas épocas, mas foi no Grasshopper que iniciou a sua carreira profissional. Serviu o clube entre 2008 e 2010 e jogou apenas três jogos. Por outro lado, sagrou-se campeão do mundo em 2009 pela seleção sub-17, onde venceu equipas como Alemanha, Brasil, Colômbia, Itália, Japão, México e Nigéria. E foi com este último que a Suíça foi à final, derrotando o clube por uma bola a zero. Seferovic foi o homem do jogo, marcando o único golo da partida que deu o triunfo aos suíços.

Ainda com 17 anos, após o acontecimento no Mundial, o agora jogador encarnado mudou-se para Itália, para defender a Fiorentina, mas por pouco tempo, pois no mesmo ano regressou à Suíça, desta vez a jogar pelo Neuchatêl Xamax FCS. No ano seguinte, e ainda por empréstimo da Fiorentina, voltou para Itália para jogar no Lecce. Neste vaivém de empréstimos, acabou ainda por ser cedido ao Novara, mas em 2013 voou para Espanha, ao serviço do Real Sociedad. Mais uma vez, a estadia durou pouco tempo, na época seguinte Seferovic foi aposta do Eintracht Frankfurt, onde finalmente se conseguiu manter por três épocas, tendo sido o melhor marcador da primeira. É de referir que nesse ano o clube alemão manteve-se na Bundesliga com alguma dificuldade, mas nos dois anos seguintes Seferovic teve a oportunidade de mostrar as suas qualidades como avançado.

E foi do Eintracht Frankfurt que veio parar à Luz. Chegou a Lisboa a 2 de junho de 2017 e assinou pelo SL Benfica por cinco temporadas. Mais ainda, mostrou logo a sua posição e numa entrevista à BTV afirmou que “gosto de marcar golos” e diz ser “um avançado, mas se puder fazer assistências, faço-as”. Inclusive, afirma ainda que “quero ganhar títulos com esta camisola”.

Percorreu parte da Europa a defender vários clubes, mas é no Benfica que mais dá que falar
Fonte: SL Benfica

No clube da Luz entrou a matar. Logo no início da temporada, aquando da sua chegada, tornou-se numa das grandes figuras do Benfica, onde em quatro jogos fez quatro golos, os mesmos golos para sete partidas na 1ª temporada ao serviço do Eintracht Frankfurt. Viu-se no jogador uma boa opção para reforçar o ataque ao lado de Jonas. Rui Vitória, na altura treinador do SL Benfica, justificou a contração pelos golos que ele poderia dar à equipa e não pelos golos já marcados anteriormente ao serviço de outros clubes.

Anúncio Publicitário

Haris Seferovic tem vindo a crescer no SL Benfica e de jogo para jogo vais mostrando as suas qualidades. Comparando as estatísticas no que diz respeito ao número de jogos e de golos nas três temporadas jogadas no clube alemão e nas duas temporadas jogadas pelas águias, obtemos um resultado de 96 jogos/ 19 golos e 57 jogos/ 17 golos, respetivamente. O jogador suíço está cada vez mais a dar frutos do seu rendimento e parece estar bastante contente com os resultados e com toda a equipa.

Segundo as estatísticas, jogou três jogos pelos escalões mais baixos e dez pela seleção onde apontou cinco golos. Já enquanto sénior, participou em 248 partidas e marcou 53 golos e, pela Seleção, 59 jogos e 17 golos. No total, soma 310 jogos e 70 golos. Ainda haverá, certamente, muito mais para ver do jogador, que parece estar a fazer tudo o que é possível para provar o seu valor.

Foto de Capa: SL Benfica