FC Porto e SL Benfica defrontam-se esta sexta-feira naquele que é o jogo grande da 14.ª jornada da Primeira Liga portuguesa. O jogo realiza-se no Estádio do Dragão e vencer é a palavra de ordem para ambas as equipas de forma a não se atrasarem na luta pelo título de campeão nacional.

Ainda recentemente, águias e dragões se defrontaram em jogo a contar para a Supertaça Cândido de Oliveira, num encontro em que os nortenhos levaram a melhor sobre a equipa da capital.

O resultado final dessa partida foi 2-0, com golos da autoria de Sérgio Oliveira e Luís Díaz. Oliveira desbloqueou o jogo com a conversão bem-sucedida de uma grande penalidade ao passar do minuto 25 e foi mesmo eleito como o melhor jogador em campo.

Este artigo é precisamente sobre um destes jogadores que considero uma “ameaça” para os encarnados. A viver a melhor temporada da sua carreira, Sérgio Oliveira tem mostrado um rendimento acima daquilo que tem feito em temporadas anteriores e é um dos principais jogadores a ter em atenção pela equipa orientada por Jorge Jesus.

Anúncio Publicitário

Na presente temporada, Sérgio Oliveira é o melhor marcador do FC Porto com 12 golos em 23 jogos, um registo excelente para um médio. E a época ainda vai a meio. Sem mostrar quebras no seu rendimento, diria que até a subir de produção, Sérgio Oliveira apresenta-se como uma das principais ameaças para os encarnados.

O reconhecimento por aquilo que o médio internacional português tem vindo a fazer, chegou com a distinção de melhor médio do mês, referente a Dezembro, numa votação em que participaram todos os treinadores da Primeira Liga. Após a distinção como melhor médio, chegou mesmo a distinção como melhor jogador a atuar nas competições nacionais no mês de Dezembro reunindo 14% dos votos.

A verdade é que Sérgio Oliveira tem estado em destaque esta temporada e já provou que pode causar problemas aos adversários, não só pelos golos que marca, mas também com os que dá a marcar. São já quatro as assistências para golo na liga que saíram dos pés do jogador natural de Paços de Brandão, estando, na totalidade, envolvido em 16 dos golos marcados pelos portistas na presente temporada.

Assim, a equipa do Sport Lisboa e Benfica deverá ter Sérgio Oliveira em especial atenção, mas não só. Jesus Corona e Taremi são outros jogadores que poderão ser decisivos no jogo desta sexta-feira. O Futebol Clube do Porto pode chegar a um resultado histórico: nunca nenhum dos eternos rivais conseguiu levar de vencido o adversário por cinco vezes consecutivas.

Ora bem, com um registo de quatro vitórias nos últimos quatro jogos frente ao SL Benfica, os homens da invicta poderão mesmo fazer história no caso de darem sequência a esta série de vitórias.

O jogo está então marcado para as 21 horas de sexta-feira e será orientado pelo árbitro da AF Évora, Luís Godinho.

Artigo revisto por Inês Vieira Brandão

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome