Anúncio Publicitário

Hoje foi dia de sorteios em Nyon, na Suíça, com a definição dos encontros das 3.ª pré-eliminatórias da Champions League, Liga Europa e Conference League. Especial destaque para a prova rainha do velho continente, num sorteio onde o SL Benfica ficou a saber qual o adversário que lhe calhará para essa mesma pré-eliminatória, a disputar nos dias três/quatro e dez de agosto.

Os encarnados entraram como cabeças de série, o que lhes permitiu escapar a Shakhtar Donetsk, AS Monaco e uma outra equipa, que sairá do embate entre Celtic FC e FC Midtjylland. Quer isto dizer que os adversários nesta 3.ª pré-eliminatória podiam ser o FK Spartak Moscovo – comandado por Rui Vitória -, KRC Genk e as equipas que vencerem os encontros entre PSV-Galatasaray e Rapid Viena-Sparta Praga.

Anúncio Publicitário

E foram mesmo os primeiros desta lista a calhar aos comandados de Jorge Jesus. O FK Spartak Moscovo, que tem como técnico principal Rui Vitória, foi o adversário escolhido para a terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League.

O SL Benfica jogará primeiro na Rússia, no dia três ou quatro de agosto, sendo a segunda mão disputada no Estádio da Luz, a dez de agosto. Como todos recordamos, foi, nesta mesma fase da competição, que as águias foram eliminadas pelo PAOK na temporada passada, com um belo tento do ex-jogador dos encarnados Andrija Zivkovic a relegar os comandados de Jesus para a Liga Europa.

Ironia – ou azar – do destino, um ano volvido e no caminho do emblema da Luz volta a estar um velho conhecido. Desta feita não se trata de um jogador, mas sim do treinador Rui Vitória. O ribatejano, ao serviço do SL Benfica, conquistou cinco títulos: uma Supertaça Cândido Oliveira, dois títulos da Primeira Liga e uma Taça de Portugal.

Contudo, a sua saída da Luz foi algo conturbada, tendo sido afastado após uma má série de resultados na época 2018/2019 – para o seu lugar entrou Bruno Lage, que conduziu as águias para um 37º título de campeão nacional (quase) impossível.

Seguiu-se-lhe uma passagem pelo Al Nasr da Arábia Saudita, onde conquistou uma Supertaça e um título de campeão nacional, sendo que, agora, se encontra ao comando técnico dos russos do FK Spartak Moscovo, cargo que assumiu esta temporada.

E o português já dá frutos ao serviço do vice-campeão russo. Sagrou-se, no domingo passado, vencedor do Parimatch Premier Cup, ao derrotar o Khimki por 5-1 na terceira e última jornada deste torneio de preparação.

A equipa comandada por Rui Vitória concluiu a prova com três triunfos, todos eles com goleadas, depois de ter vencido Rubin Kazan e Sochi por 4-0. No total dos três jogos, 13-1 foi a diferença de golos favorável ao FK Spartak Moscovo, que passa assim a ter o melhor registo em três edições desta competição.

Além do bom momento que atravessa, de relembrar que nos últimos cinco jogos que realizou contra Jorge Jesus, Rui Vitória não sofreu qualquer derrota – somou três empates e duas vitórias. Dados que lançam a incerteza entre os adeptos benfiquistas, que ainda se encontram traumatizados com o desastre na Grécia da temporada passada.

Os dados estão lançados, resta ao SL Benfica encarar os próximos jogos de preparação contra Lille OSC e Olympique de Marseille com seriedade, de modo a estar ao melhor nível no início de agosto, altura em que joga, pelo segundo ano consecutivo, o acesso aos milhões da UEFA Champions League.

 

Anúncio Publicitário

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome