Terceiro Anel

Jamor, 18 de Maio de 2014.

Dia fantástico, céu limpo, temperatura na casa dos 28ºC. No relvado do Estádio do Jamor todos os jogadores e toda a equipa técnica do Benfica celebram de forma efusiva a vitória na final da Taça de Portugal. Após uma grande exibição, coroada com um triunfo por 3-1 sobre o Futebol Clube do Porto, os “encarnados” sentem-se no céu. Uma semana depois de garantirem o título no Estádio do Dragão, aí está alcançada a tão desejada “dobradinha”, que foge como o diabo da cruz desde 1987. Em contraste com o desânimo e amargura nas hostes portistas, tudo no Benfica parece perfeito. Os adeptos, no topo sul do Estádio Nacional, entoam cânticos com o nome de Jorge Jesus, mostrando sinais de adoração pelo treinador; JJ e Óscar Cardozo celebram de uma forma contagiante o sabor do momento, permanentemente abraçados. Bruno Cortez é aclamado por todos, Rodrigo tem meia Europa atrás de si, Markovic e Djuricic choram de felicidade arrepiados com a visível grandeza do Benfica. Por todo o país, nas avenidas de todas as cidades, nas ruelas de todas as aldeias, os adeptos benfiquistas não param, transformando esta noite numa loucura por todo o território nacional.

Porém, na sala de imprensa, Jorge Jesus, visivelmente satisfeito, apela à concentração: “Estamos a viver dias fantásticos, repletos de alegria, mas atenção: temos de voltar ao trabalho! Temos a final da Liga dos Campeões, no próximo fim-de-semana, no nosso estádio! Tudo faremos para conseguir alcançar tão desejado título!”. E isto porque, uma semana depois, haverá Benfica vs Real Madrid, em pleno Estádio da Luz, a contar para a final da Liga dos Campeões 2013/2014.

Eish! Apercebo-me agora, nesta quinta-feira igual a tantas outras, que tudo não passou de um sonho. Mas, por mim, continuaria a sonhar por muito mais tempo, até para saber qual teria sido o resultado do Benfica vs Real Madrid. Porém, e já entrando numa fase de análise a este sonho que me enlouqueceu, vejo que, afinal, isto poder-se-á tornar realidade, a começar pela Taça de Portugal!

Anúncio Publicitário

Vençam lá o jogo em Cinfães, com clareza, dando oportunidade a jogadores menos utilizados, mas não desfazendo em demasia aquela que costuma ser a equipa mais rodada em campo. Não se admite que um clube como o Benfica não vença uma Taça de Portugal desde 2004, na altura conquistada perante o todo-poderoso FC Porto de José Mourinho. Desde aí, duas finais e…duas derrotas, defronte do Vitória de Setúbal em 2005 e do Vitória de Guimarães em Maio passado.

Festa no Jamor em 2004 / Fonte: sicnoticias.sapo.pt
Festa no Jamor em 2004
Fonte: SIC Notícias

Quanto ao resto do sonho, há que lutar por ele! Sinto que esta pausa do campeonato pode ter contribuído para uma melhoria na equipa do Benfica, até porque essa melhoria é obrigatória! Para a semana haverá jogo fundamental na Luz, frente ao Olympiakos, que poderá e deverá ser decisivo para a ida ou não-ida da equipa para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Portanto, jogadores do maior clube português, imaginem-se lá num Benfica vs Real Madrid, com uma catedral a abarrotar, com um país paralisado junto à televisão.

Vá, vá lá. Ajudem-me! Eu sei que aquilo que me aconteceu não foi um sonho, mas sim uma premonição.