Anúncio Publicitário

Terceiro Anel

Luís Filipe Vieira, 64 anos de idade, o líder da nau encarnada. Desde 2003 como Presidente do Sport Lisboa e Benfica, LFV tem reestruturado o clube de uma forma notável e indiscutível. Há dez anos atrás, o Benfica ainda se encontrava nos cuidados intensivos. Fruto de uma gestão danosa e irresponsável do auxiliar do padre da prisão da Carregueira, o clube quase se foi abaixo. Eu sei bem aquilo por que passei, na escola, na rua, no clube de futebol onde jogava. Os adeptos não-benfiquistas não perdiam uma oportunidade para gozar comigo, para troçar, ainda para mais vendo o meu desânimo perante uma equipa que eu amava, mas que se arriscava sempre a levar cinco batatas de um Farense ou de um Salgueiros.

Luís Filipe Vieira / Fonte: www.record.pt
Luís Filipe Vieira
Fonte: Record

Porém, e felizmente, as coisas foram mudando! Ok, o Benfica não ganhou assim tantos títulos desde 2003, mas é impressionante a forma como o clube se reergueu. Temos um estádio de sonho, que irá receber a final da Liga dos Campeões desta temporada, construído em tempo recorde; temos um centro de estágios formidável, elogiado por todos; temos dois pavilhões de primeira categoria; somos o clube com mais sócios no mundo inteiro (eu não me esqueço da forma como foi gozado LFV, quando anunciou que queria chegar aos 300 mil sócios, quando realisticamente estamos a caminho de atingir essa marca); tivemos, e ainda temos, jogadores de altíssimo nível naquilo que ao futebol diz respeito (ainda me lembro de pontapear o sofá da minha sala, nesses idos anos de 1998 ou 1999, quando tínhamos como centrais esses portentosos Paulo Madeira e Ronaldo Guiaro); temos um museu arrepiante; temos um canal televisivo próprio.

Anúncio Publicitário

E podia estar aqui muito mais tempo a enumerar grandes feitos de LFV, nos aspectos que se reportam a toda a logística e estrutura do Benfica. Por vezes sou um crítico feroz das atitudes ou não-atitudes tomadas pelo nosso presidente, sobretudo em relação ao futebol, e mais especificamente em relação aos treinadores, mas não posso ter uma visão curta demais.
Com passivo gigante ou sem gigante passivo, a verdade é que o Benfica voltou a ser um clube temido, que arrasta milhares, que enche estádios em França e na Alemanha, que é uma marca comercial fortíssima, que é falado constantemente por tudo e por todos, que me coloca doido e fora de mim sempre que joga.

Não sei quanto tempo mais estarás no poder, Luís Filipe Vieira, e eu próprio, como já anteriormente escrevi neste site, acho que estás numa posição delicada, mas, independentemente daquilo que acontecer no futuro, já entraste na história do Sport Lisboa e Benfica. Resgataste uma das coisas que mais amo na vida, e isso…não tem preço.
Portanto, boa sorte para ti, porque a tua sorte…é a sorte de milhões e milhões espalhados por aí.

Anúncio Publicitário