Estão aí os jogos de preparação para o Mundial da Rússia. E se estávamos todos em êxtase por Ruben Dias, foi sol de pouca dura. Com a lesão, ficou a confirmação da falta de comparência dos encarnados, na convocatória da seleção das quinas.

Embora não haja cores quando toca a Portugal, o vermelho fica-lhe sempre bem! Infelizmente, de vermelho esta Seleção terá o equipamento e pouco mais. Rúben Dias lesionou-se depois de ter sido chamado, e bem chamado, e não se sabe se não terá posto o Mundial em risco.

André Almeida, apesar da época notável que está a realizar, tem nomes à frente dele que lhe tiram os pés dos jogos internacionais. Bruno Varela mostrou ao longo da época que não terá, ainda, estofo para vestir as quinas ao peito, fruto da inexperiência, agora mais oculta depois de um aumento de rendimento da linha defensiva.  Pizzi, perdeu terreno esta época, e embora tivesse justificado até então mais do que aquilo que o Engenheiro lhe deu, agora parece cada vez mais distante da Copa.

Rúben Dias “perdeu” uma oportunidade de mostrar o seu valor ao serviço da Seleção                        Fonte: SL Benfica

Pode-se argumentar que há tantos jogadores a atuar em campeonatos internacionais e equipas de topo que há pouco lugar para os de cá, mas ainda assim fica um sabor amargo. Quando tanto se fala numa formação entre as melhores da Europa, é esperado que as Seleções o reflitam. Estão a fazê-lo em escalões inferiores, mas no principal, das duas uma: ou há melhores, ou já não fazem parte dos encarnados.

E nós lá vamos reclamando, como se de um consolo se tratasse,  que A ou B não joga no Benfica mas foi formado. Apesar de entender que o poderio financeiro tem muito a dizer neste caso, fazem falta à nossa Seleção jogadores de dentro. Por agora, direi aos meus amigos, o que 120% dos benfiquistas pensará ao ver o jogo: “Este Bernardo Silva nunca deveria ter saído!”, com a mágoa de não poder exultar a cada jogada do nosso Rúben.

Anúncio Publicitário

Foto de Capa: SL Benfica