O bom filho a casa torna

    - Advertisement -

    Por estes dias, agitou-se o mercado de inverno para os lados de Vila do Conde: a equipa de Carlos Carvalhal anunciou, finalmente, um reforço para o plantel e é uma cara bem conhecida dos adeptos vila-condenses, que traz excelentes recordações. Será motivo para dizer: o bom filho a casa torna.

    Esta será uma excelente prenda de Natal atrasada para os rioavistas. Gelson Dala já conhece os cantos à casa, depois de jogar pelo clube na época 2017/2018 e na seguinte. Em ambas, encantou os amantes de futebol, graças ao seu virtuosismo aliado a uma capacidade de explosão inesperada.

    Este franzino avançado angolano faz lembrar Messi, quando serpenteia por entre os adversários até quase entrar com a bola pela baliza adentro. Quer-me parecer que esta contratação será benéfica, tanto para o clube como para o jogador: por um lado, o Rio Ave FC ganha mais uma opção para o ataque, por forma a melhorar a eficácia e o registo de golos; por outro, Gelson terá direito aos minutos que lhe faltavam no Antalyaspor da Turquia, tempo fundamental para a sua afirmação enquanto jogador profissional e como jovem promessa.

    O Sporting CP, com os sucessivos empréstimos do jogador pretende certamente dar-lhe o tempo necessário para a sua aprendizagem e para, no futuro, pegar de estaca no onze. Gelson Dala tem muito do que um craque precisa: humildade, talento, imaginação, velocidade, capacidade de finalização, truques na manga; falta-lhe o que também escasseia por Alvalade: estabilidade.

    Um jovem jogador com tamanho potencial precisa de quem acredite nele, arrisque e o faça jogar. E essa pessoa será, certamente, Carlos Carvalhal, que já disse contar com Gelson para o jogo com o Vitória SC e que tem a coragem que falta a muitos treinadores da Primeira Liga, de falar, pensar e respirar futebol; não fala sobre arbitragens, nem fatores externos. Só pensa nos 11 que vai pôr a jogar e como os vai pôr a jogar. É isso que faz florescer talentos como o de Gelson, mas também de Carlos Mané, Joca, Taremi, Lucas Piazón, Nuno Santos, entre muitos outros.

    Gelson Dala procura a sua afirmação enquanto jogador profissional
    Fonte: Rio Ave FC

    Carlos Carvalhal já vinha a fazer uma excelente temporada ao serviço do Rio Ave FC, sobretudo com a sua capacidade extraordinária de potenciar os talentos dos jogadores que tem à disposição; já tem feito estragos aos “grandes” e, agora, conta com mais um jovem talento, cheio de vontade e ambição, para alcançar os seus objetivos. Remam todos para o mesmo lado. Tem tudo para correr bem.

     

    Artigo revisto por Joana Mendes

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Marcos Alonso renova com o Barcelona

    O FC Barcelona anunciou oficialmente a renovação do contrato...

    Treinador do Lyon garante que ninguém sai até ao verão

    O treinador do Lyon, Laurent Blanc, garantiu em conferência...

    Prodígio de Jorge Jesus na lista de preferências do PSG

    O Paris Saint-Germain FC pode virar atenções para um...

    Saúl Ñíguez pode mudar de clube em Espanha

    O médio espanhol Saúl Ñíguez pode estar perto de...

    Volte-face nas negociações por Nicolò Zaniolo

    O jogador italiano Nicolò Zaniolo está agora mais perto...
    Inês Figueiredo Mendanha
    Inês Figueiredo Mendanhahttp://www.bolanarede.pt
    A Maria é uma orgulhosa barqueirense (e por inerência barcelense ) que aprendeu a gostar de futebol antes de saber andar. Embora seja apologista das peladinhas entre amigos, sai-se melhor deixando o que pensa gravado em papel. Benfiquista de coração e Gilista por devoção é sobretudo apaixonada pelo futebol que faz o país parar quando a bola começa a rolar.                                                                                                                                                 A Maria escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede