Anúncio Publicitário

Cabeçalho Futebol Nacional

Há uns tempos atrás, falei aqui da situação de muitos jovens talentos do futebol português que emigram precocemente, sendo que vários deles, ainda não estão preparados para darem o salto para um clube de topo.

No entanto, existem muitos jogadores jovens que começam a despertar a cobiça de clubes estrangeiros ainda em adolescentes, durante a sua etapa de formação. E nesta década, têm sido vários os casos de jogadores portugueses que vão para o estrangeiro ainda durante a sua formação. E o que é facto, é que estes jovens jogadores acabaram por atrasar a sua evolução ou até mesmo desaparecer do mapa ao darem este salto. Falarei aqui de alguns exemplos.

Anúncio Publicitário

Começo por um jogador que se lançado recentemente por Fernando Santos na selecção nacional: Rony Lopes. Formado no Benfica, sagrou-se campeão nacional de juvenis em 2010/2011, numa equipa onde Bernardo Silva (que é um ano mais velho que Rony) pouco jogava. Após essa época, foi para o Manchester City com 16 anos. Ao serviço dos citizens chegaria a realizar alguns jogos pela equipa principal nas taças e seria emprestado ao Lille em 14/15. Em 14/15, foi vendido ao Mónaco, mas seria novamente emprestado ao Lille, afirmando-se apenas nesta época na equipa monegasca ao ocupar a vaga deixada por… Bernardo Silva.

Rony Lopes tem-se afirmado desde que chegou ao Monaco, e está, atualmente, a praticar o melhor futebol da carreira Fonte: Facebook oficial de  Rony Lopes
Rony Lopes tem-se afirmado desde que chegou ao Monaco, e está, atualmente, a praticar o melhor futebol da carreira
Fonte: Facebook oficial de Rony Lopes

Falando na formação do Sport Lisboa e Benfica, o clube encarnado é possivelmente o grande mais visado neste aspecto, tendo em conta a reputação que o clube ganhou nos últimos anos, tanto a nível da formação, como pela colocação de jogadores em clubes de topo; reputação que atrai alguns jovens jogadores que vêm o Benfica como uma rampa de lançamento para um clube de topo.

E um dos motivos pelos quais venho falar disto é pela cobiça de clubes como o Manchester United no jovem Úmaro Embaló. Este jovem extremo de 16 anos é na minha opinião, a maior pérola do Caixa de Futebol Campus a seguir ao Renato Sanches, é titular da equipa de juniores com idade de juvenil e tem sido apontado pela imprensa como um alvo de clubes como o Manchester United, o Real Madrid e o RB Leipzig. Mas ainda há alguns jogadores com formação no Seixal e com percurso nas selecções jovens que já se aventuram no estrangeiro, como o guarda-redes João Virgínia no Arsenal e o defesa-central Luís Silva no Stoke City.

Anúncio Publicitário