Há coisas muito mais importantes do que o futebol, é verdade. Mas o futebol é muito mais do que 22 homens a correr atrás de uma bola, como muitos dizem. Não é e nunca vai ser apenas isso. O futebol é paixão, é emoção, é sentir cada lance como se fosse o último.

Dentro das quatro linhas, é tudo isso, mas fora é também união, é pôr a paixão de lado e usar a racionalidade quando a situação assim o obriga. Eu sei, eu sei… Isto nem sempre acontece e é uma pena. Quando amas muito uma coisa, é difícil colocares a irracionalidade de lado e é mesmo isso que origina as situações mais infelizes no mundo do futebol.

Os confrontos entre adeptos, os insultos ao árbitro a meio do jogo, os apedrejamentos a autocarros de equipas adversárias, os ataques a academias… Falo de tudo isso. Mas esta paixão que move milhões de pessoas, ainda que por caminhos diferentes, pode também trazer fraternidade e compaixão.

Não são só coisas más, de facto, e foi por isso mesmo é que decidi falar sobre todo o movimento de apoio gerado a Nuno Pinto, jogador do Vitória de Setúbal, depois de lhe ter sido diagnosticado um linfoma inguinal.

Anúncio Publicitário

Futebol solidário para com Nuno Pinto

Várias foram as tarjas dedicadas ao jogador pelo país fora. Muitas foram as homenagens e muito foi o apoio prestado ao lateral esquerdo do Vitória FC. Quer nas redes sociais, quer nos estádios do país, muitas foram as palavras de força dirigidas a Nuno Pinto.

A homenagem feita no jogo entre o Vitória de Setúbal e SC Braga é de arrepiar. Aos 21 minutos, o espetáculo fazia-se no lado das bancadas. Nessa altura, centenas de pessoas levantavam papeis com o número 21, enquanto entoavam cânticos de apoio a Nuno Pinto. “Os nossos não deixamos cair. Força, Nuno” era a frase escrita na tarja exibida, no Bonfim, nesse preciso momento. Toda esta homenagem deixou o jogador bastante emocionado e, de facto, também não é para menos.

Várias foram as homenagens prestadas a Nuno Pinto feitas pelos clubes portugueses
Fonte: Bola na Rede

Não são só jogadas fantásticas que dão a magia ao futebol. Estes momentos também contribuem para isso. Fazem-nos, de certa maneira, refletir e perguntar a nós mesmos se damos importância às devidas coisas. Se aquilo que nos chateia tanto é aquilo que realmente importa. Não são só os livros que têm uma lição a reter. O futebol, e este momento em particular, também nos deu isso. Infelizmente, não da maneira mais positiva, é certo, mas esperemos que acabe em bem.

LÊ MAIS: José Mourinho: Ultrapassado ou incompreendido?

Resta-me desejar uma rápida recuperação a Nuno Pinto e esperar que ele consiga vencer esta batalha. Do lado de cá, torcemos todos, conforme se tem visto, para que o jogador volte a estar bem a 100%.

 

Foto de Capa: Vitória FC

Artigo revisto por: Rita Asseiceiro