Anterior1 de 4Próximo

Nesta tarde de sábado, Belenenses SAD e Portimonense SC defrontaram-se num jogo a contar para a 26ª jornada da Primeira Liga. Sétimo e nono classificados tinham seis pontos entre eles. Os dois emblemas vinham de resultados positivos consoante o contexto: o Portimonense vinha de uma folgada vitória por 5-1 contra o CD Nacional e o Belenenses conseguiu “arrancar” um ponto a um dos líderes do campeonato no seu reduto – SL Benfica.

A partida começou com apenas um sentido e era direcionado pela equipa de Portimão. Logo aos três minutos, a equipa visitante conseguiu adiantar-se no marcador. Aylton Boa Morte conseguiu abanar as redes da baliza do Belenenses SAD depois de uma jogada pela esquerda resultante de duas inacreditáveis falhas defensivas por parte da equipa de Silas. Jackson conseguiu desorientar por completo a defensiva da equipa da casa que permitiu o espaço suficiente para Tabata cruzar e assistir o número 77 do Portimonense.

A equipa do Belenenses entrou muito adormecida no jogo e, nos minutos iniciais, permitiu sempre muito espaço para o seu adversário criar perigo. E a verdade é que o Portimonense assim o fez. A equipa dominou completamente os minutos iniciais do jogo e justificou sempre a superioridade numérica no resultado.

Aos 15 minutos, o Belenenses mudou o esquema tático para três centrais e, desta forma, subiu as suas linhas. Uma maior exposição por parte do emblema azul e branco foi um fator traiçoeiro: aos 18 minutos, o Portimonense marca o segundo golo numa excelente combinação entre Aylton, Paulinho e Jackson Martinez pela direita. Já na área, Aylton fez a assistência para Jackson dilatar o resultado para a equipa visitante.

O Portimonense estava, de facto, por cima do jogo, mas, depois do segundo golo, a equipa algarvia tirou o pé do acelerador e deu a bola ao Belém. Inicialmente, a equipa de Silas teve muitas dificuldades em chegar ao último terço. Detiveram mais bola, sim, mas não conseguiram criar jogadas de grande destaque.

A partir dos 30 minutos, o Belenenses SAD começou a inverter a tendência até ali registada e levou mais vezes a bola à área adversária. Ainda assim, o conjunto mostrou-se muito trapalhão na hora de decidir. O jogo abrandou bastante e o final da parte foi realmente mais morno nesta tarde de calor no Estádio do Jamor. Final da primeira parte e a vantagem de dois golos para o Portimonense era mais do que justificada.

Os dois emblemas defrontaram-se esta tarde, num jogo a contar para a 26ª jornada da Primeira Liga
Fonte: Bola na Rede

O discurso de Silas ao intervalo deve ter sido bastante motivador, porque a equipa do Belenenses parecia outra completamente diferente daquela que se viu na primeira parte. Os jogadores entraram bem mais atrevidos e conseguiram mesmo, logo aos 49 minutos, encurtar a desvantagem com um golo de Licá. O número sete do Belenenses fez um remate acrobático que acabou mesmo por dar em golo.

O ascendente do Belenenses permaneceu e, por sua vez, a apatia do Portimonense nos minutos iniciais da segunda parte continuava a verificar-se. A equipa de Silas conseguiu impor o seu jogo e chegou mesmo ao empate aos 67 minutos por intermédio de Lucca. Um excelente remate à entrada da área empurrou a equipa do Belém para a igualdade no resultado. Depois de estar a perder por uma diferença de dois golos, o Belenenses conseguiu impor o empate e assim arrecadar um ponto.

O Portimonense SC não teve qualquer capacidade de reação. Pouco ou nada fez para inverter a superioridade do Belenenses SAD ao longo de todo o segundo tempo e isso custou-lhe os três pontos que pareciam quase iminentes ao intervalo. Destaque ainda para a boa segunda parte do Belenenses que foi à procura de inverter o resultado e conseguiu, pela segunda vez, chegar ao empate depois de estar a perder por 2-0. Recorde-se que o mesmo aconteceu no Estádio da Luz na passada segunda-feira.

 

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES:

Belenenses Futebol SAD – Muriel, Sasso, Licá, Dalcio, Sagna (Subst. D. Calila, 70’), Zacarya, Cleylton (Subst. Matija, 35’), Gonçalo S., Lucca, Nuno Coelho, Kikas (Subst. Nico Velez, 66’).

Portimonense SC – Ricardo Ferreira, Lucas, Paulinho (Subst. Ruster, 80’), Jackson, Bruno Tabata (Subst. Wellington, 76’), Henrique, Pedro Sá, L. Fernandes, Ruben F., Vitor Tormena, Aylton Boa Morte (Subst. Hackman, 90’).

Anterior1 de 4Próximo

Comentários